Beira Rio é interditada por alagamento, mas não há riscos maiores

A Prefeitura de Brusque emitiu uma nota no final da tarde desta sexta-feira (31) para informar a interdição de parte da avenida Bepe Roza, a Beira Rio, no trecho que compreende da Associação Empresarial de Brusque até a Ponte do Trabalhador, por conta da saída do rio Itajaí-Mirim da calha. No entanto, não há riscos do paredão ceder, como está sendo divulgado nas mídias sociais.

 

Leia a nota na íntegra

Face às recentes publicações disseminadas nas redes sociais, a Secretaria de Comunicação Social (Secom) informa que uma equipe do Departamento Geral de Infraestrutura (DGI) já realizou uma averiguação na estrutura de terra armada existente às margens da Beira Rio, proximidades da Rua França. Preliminarmente, foi constatado uma infiltração que resultou na saturação e expansão de terra, o que empurrou as placas para fora.

Objetivando trazer segurança à população o Gabinete do Prefeito informa que:

- A Beira Rio será interditada da Associação Empresarial de Brusque (Acibr) até a Ponte do Trabalhador, a partir do momento que as águas do Rio Itajaí Mirim invadirem a estrada;

-  O trânsito de veículos na Rua França será feito de maneira local, restringindo a passagem de veículos pesados;

- Não há absolutamente nenhum risco envolvendo a estrutura da Ponte dos Bombeiros.

É o que há para o momento.

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões