Médica do Hospital Azambuja contradiz versão da paciente em BO

O Hospital de Azambuja apresentou um Boletim de Ocorrência registrado pela médica que é acusada de ter ofendido uma paciente, de 27 anos, contradizendo o que foi apresentado e afirmando em entrevista a rádio Cidade e conforme matéria publicada no site rc.am.br, que a profissional é que foi vítima no dia 24 de maio, quando a paciente procurou a unidade de saúde por estar com dores e apresentar sintomas de aborto.

A médica relata em BO que estava atendendo no consultório médico do Hospital de Azambuja algumas pessoas, que em dado momento surgiu a paciente na sua porta, reclamando que a médica não estava realizando atendimento, perguntou também se iria demorar para atender, que foi informado a mesma para que aguardasse o término da alta médica de outras pessoas.

A profissional relatou ainda no boletim que estava terminando o horário de seu plantão, solicitando que esperasse o próximo médico assumir, porém se caso esse não chegasse a tempo, iria atendê-la assim que liberasse pessoas sob sua responsabilidade.

Na sequência, a paciente informou que estava abortando, que em virtude tomou todas as providências médicas para averiguar a situação. Neste momento a paciente disse que a médica é uma incompetente, chamando-a ainda de “vagabunda”, entre outras palavras de baixo calão aos quais não se recorda. Ela disse também no boletim que o marido da paciente também fez parte da situação falando palavras ofensivas.

O gestor do Hospital de Azambuja, Evandro Roza, informou que um exame realizado na paciente apontou que ela não estava grávida. Ele também disse que o hospital iria emitir uma nota oficial na terça-feira (28), esclarecendo a situação, o que não aconteceu.

O jornalismo da Rádio Cidade entrou em contato com a paciente, nesta terça-feira (28), a mesma informou que fez um teste de gravidez adquirido em uma farmácia e o resultado está anexado ao seu prontuário no Posto de Saúde de seu bairro, mas não apresentou o mesmo e também disse desconhecer o resultado do exame feito no Hospital Azambuja.  

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Vítima é levada em estado grave ao hospital

Um homem de 34 ano foi levado em estado de saúde grave ao hospital após sofrer acidente na SC 108, no Distrito de Claraíba, em Nova Trento. Ele estava em uma motocicleta Honda Falcon, de Brusque, e bateu contra um Honda HR-V, de São João Batista. De acordo com as equipes de socorro, que atenderam o acidente, a colisão ocorreu por volta de 18h45, no km 138 da rodovia. O motorista do carro não se feriu cm gravidade.
Continuar lendo...

Ministério alerta para fraude sobre 13º do Bolsa Família

Um novo golpe, veiculado por meio de mensagens no aplicativo WhatsApp, promete a liberação instantânea do décimo terceiro salário do Bolsa Família para beneficiários do programa, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (11) pelo Ministério da Cidadania. De acordo com o alerta, a mensagem fraudulenta contém um link que redireciona o usuário para uma página onde são solicitados...
Continuar lendo...

Prefeitura realiza abordagem social e encaminha três casais para albergue municipal

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, realizou, durante esta semana, uma abordagem social em um terreno baldio existente na rua João Bauer, região central do município. Com o apoio da Polícia Militar, servidores da pasta retiraram três casais que estavam alojados indevidamente em uma estrutura que havia na propriedade. Conforme o secretário da pasta, Deivis da Silva, todos foram...
Continuar lendo...