Seminário debate o acolhimento em Família Acolhedora

O Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora foi tema de debate nesta quarta-feira (22) com a realização do IV Seminário Municipal de Acolhimento em Família Acolhedora. O evento, organizado pela Secretaria de Assistência Social e Habitação, mobilizou cerca de 100 pessoas no auditório da Uniasselvi.

O foco do seminário, conforme explica o secretário de Assistência Social e Habitação, Deivis Junior, foi o de mostrar os avanços da iniciativa em Brusque, bem como encorajar novas famílias a fazer parte do serviço de acolhimento.

Atualmente, Brusque tem cinco famílias capacitadas. Destas, duas estão em situação de acolhimento neste momento. “Não há nenhuma demanda represada”, comenta o secretário. “Comemoramos o fato de Brusque servir como referência neste tipo de serviço, tendo logrado êxito ao longo dos anos em todos os casos de acolhimento. Nossa missão é capacitar e dar condições estruturais a essas famílias por meio de nossos servidores, uma equipe altamente capacitada, com psicólogos, assistentes sociais, coordenação, entre outros”, explica.

O trabalho da equipe vai desde o início da capacitação para o acolhimento até o momento do desacolhimento. A iniciativa realizada em Brusque chegou a ser elogiada pelo juiz da Vara da Família, Infância e Juventude, Maycon Rangel Favareto. “O serviço sempre tem evoluído em Brusque. É uma grande satisfação ver que ele funciona e as famílias cadastradas são dedicadas e carinhosas com os acolhidos. Assim temos a garantia de um trabalho com qualidade”, comentou, durante a abertura do seminário, que contou ainda com depoimentos de famílias acolhedoras e com a palestra da Assistente Social da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), Janice Merigo.

Janice debateu com os presentes sobre “A importância do trabalho em rede na garantia dos direitos de crianças e adolescentes em situação de acolhimento familiar”. A palestra é direcionada a psicólogos, assistentes e educadores sociais, bem como representantes do Conselho Tutelar, profissionais que estão envolvidos diretamente em situações em que, eventualmente, crianças e adolescentes possuem algum direito violado.

Participaram, ainda, profissionais de diversos municípios como Guabiruba, Botuverá, Blumenau, Gaspar, Ascurra, Rodeio, Porto Belo e Bombinhas.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Depois da virada a taxa para entrar em Bombinhas terá reajuste

Para quem está se programando para curtir a praia de Bombinhas depois da virada de ano, fica dica para o aumento na Taxa de Preservação Ambiental. O acréscimo é de cerca de 2% - carros de passeio, que pagam R$ 27,50, passarão a pagar R$ 28 a partir de 0h de 1º de janeiro. O aumento ocorre anualmente, nesta época, porque o pedágio é cobrada com base na Unidade Fiscal de Referência Municipal (UFRM). A cada virada...
Continuar lendo...

Parque Zoobotânico de Brusque recebeu novos moradores

O Parque Zoobotânico de Brusque recebeu novos moradores nesta terça-feira (25) vindos do Centro de Triagem de Animais Selvagens de Santa Catarina (Cetas), em Florianópolis. Trata-se de quatro serpentes corn snakes (exóticas de origem americana), um tamanduá mirim, um ouriço, um tucano de bico verde, uma arara canga e duas araras híbridas.     De acordo com o diretor do parque, Eduardo Serpa, os novos animais serão...
Continuar lendo...

Prefeitura anuncia data das férias coletivas dos servidores

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Orçamento e Gestão, da Procuradoria-Geral do Município e do Gabinete do Prefeito, divulgou, na primeira semana de novembro, decreto com a data para o período de férias coletivas dos servidores. O período de inatividade inicia a partir do dia 16 de dezembro, seguindo até dia 4 de janeiro de 2020.  No dia 6 de janeiro as atividades voltam ao normal. Durante o período...
Continuar lendo...