Audiência pública sobre a Antônio Heil apresenta novidades

A audiência pública realizada na noite desta quinta-feira (16) na Câmara de Vereadores de Brusque apresentou algumas respostas para a questão da conclusão das obras de duplicação da rodovia Antônio Heil (SC-486). O evento, proposto pelo vereador Jean Pirola (PP) foi prestigiado por lideranças das prefeituras de Brusque e Itajaí, de associações de moradores e empresariais. O representante do Governo do Estado foi Carlos Hassler, secretário de Infraestrutura e Mobilidade e presidente do Deinfra (Departamento de Infraestrutura).

Após as falas dos representantes políticos, onde se destacaram o vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi e o deputado estadual Onir Mocellin, o coronel Mocellin, vereadores de Brusque e Itajaí, a palavra foi aberta ao público para os questionamentos, sendo destacados os problemas já conhecidos de alças de acesso, sinalização e os recursos para a execução da obra de duplicação da rodovia. A audiência começou às 19h e se encerrou logo após as 21h.

O secretário Carlos Hassler esclareceu que o contrato com a empresa Triunfo, representante do consórcio vencedor da licitação, só não foi encerrado ainda por conta de dois fatores. O primeiro deles é que ainda falta pagar uma parte da obra executada e a outra é a possibilidade de que uma outra empresa, que faz parte do consórcio, assuma o restante da execução do trabalho, até porque esta modalidade não permite convocar a segunda colocada no processo, exigindo uma nova licitação.

O recurso do BID não será perdido, tendo em vista que o Governo do Estado fez um acordo e está substituindo o projeto da duplicação da rodovia Antônio Heil por outro já executado pelo Governo, mas com recursos próprios. Desta forma, o que está apalavrado e será formalizado, permitirá a conclusão da obra, seguindo o projeto, sem riscos de perder  o recurso. A exceção, segundo o presidente do Deinfra, será a negociação para a desapropriação de áreas no acesso à BR-101, que ainda não há definição de como será decidida.

Carlos Hassler pediu compreensão às lideranças no tocante aos acessos e passarelas, tendo em vista que se trata de uma via rápida, não permitindo que sejam feitos acessos a cada 100 metros, pois não se trata de uma rua, mas sim uma via de escoamento, com velocidade elevada. Mas ele esclareceu que se houver a necessidades de fazer alterações, como a construção de pontes neste trecho, o Governo do Estado irá atrás de recursos.

No desfecho final da fala do secretário de Infraestrutura, ele propôs que as comunidades de Brusque e Itajaí decidam se  o projeto será executado originalmente e posteriormente se discute as novas intervenções ou se paralisa tudo e elabora o novo e completo projeto para depois retomar as obras, com os estudos técnicos a serem elaborados.

AVALIAÇÕES

Nas avaliações do vice=prefeito Ari Vequi e do vereador Jean Pirola, a audiência foi positiva e esclareceu pontos importantes da duplicação. Mas, eles divergem na questão final. Pirola acha que o ideal é refazer o projeto com as intervenções sugeridas e posteriormente concluir a duplicação, enquanto Ari Vequi acha que seria interessante concluir o projeto inicial e posteriormente adicionar as intervenções sugeridas pelas lideranças comunitárias e empresariais que vivem ao longo da Antônio Heil. A decisão final sairá na próxima semana, em um encontro no bairro Limoeiro, devendo ocorrer na próxima semana.

 
 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Princípio de rebelião movimenta o presídio de Tijucas

A segunda-feira (30) foi tensa no Presídio Regional de Tijucas isso porque aconteceu uma tentativa de rebelião. Conforme as primeiras informações, o detentos estavam insatisfeitos devido as constantes operações dentro do presídio e também as transferências de presos que vem ocorrendo. O princípio de rebelião foi rapidamente coibido pelos agentes prisionais e Polícia Militar.
Continuar lendo...

Em Botuverá homem é acusado de posse ilegal de arma

No final de tarde desta quarta-feira (3), as policias Civil e Militar de Botuverá, com apoio da ROCAM de Brusque, realizaram o cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma residência, na localidade Chapadão Figueira, em Botuverá. Após as investigações preliminares pela Polícia Civil de Botuverá, sobre denúncia de disparos de arma de fogo, bem como de posse irregular de arma de fogo, foi representado junto ao...
Continuar lendo...

Motociclista sofre queda e é socorrido com suspeita de fratura

O Corpo de Bombeiros de Brusque foi acionado por volta das 22h39 desta quinta-feira (26) para atender um acidente de trânsito na avenida Primeiro de Maio, próximo à Dokassa, no bairro Primeiro de Maio. No local, o piloto de uma motocicleta Honda CG, de cor azul, que seguia no sentido bairro/centro, perdeu o controle e sofreu uma queda, batendo contra o meio fio. Populares e o próprio piloto disseram aos atendentes que um cachorro cruzou a via e para não...
Continuar lendo...