Golpistas estão pedindo doação em nome da Rede Feminina

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brusque está chamando atenção e alertando a população sobre golpe que estão sendo aplicados usando o nome da entidade. Uma pessoa tem entrando em contato solicitando doação de valores para a rede, encaminhando um motoboy para buscar os valores.

“Faz duas semanas, uma de nossas voluntarias disse que ligaram para a casa dela, dizendo que era de um cal center e fazia campanha para arrecadar da Rede Feminina e um motoboy iria buscar”, relata a presidente das Rede, Miriam Evangelista Ribeiro.

Como o contato havia sido feito justamente para uma voluntária, a pessoa desconfiou e desligou. Mas a situação voltou a chamar a atenção da entidade quando uma outra pessoa ligou direto na sede da entidade e disse que recebeu tal ligação e fez a entrega de valor.

Mirim explica que a Rede Feminina de Combate ao câncer não faz campanha por telefone, nem possui call center, muito menos vai às residências sem qualquer tipo de identificação.

O caso está sob investigação da polícia, após denúncia feita pela direção da Rede. Quem receber uma ligação dessa natureza pode aviar a rede através do telefone

“Não mandamos ninguém a residências, pois nossos projeto é bem aberto ao público. Quem quiser ajudar, pedimos que vá à sede da Rede, até para que a pessoa conheça o nossos trabalho”, destaca a vice-presidente da entidade, Sônia Heinig.

O contato da Rede Feminina de Brusque é o (47) 3351-0200.

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões