Caixa diz que ganhador da Mega-Sena é de Pernambuco

A Caixa Econômica Federal informou nesta terça-feira (14) que o ganhador do prêmio de R$ 289 milhões da Mega-Sena é de Pernambuco. Por sigilo e segurança, o banco não informou a cidade onde o prêmio foi retirado.

O ganhador fez uma aposta simples, no valor de R$ 3,50, pelo aplicativo de internet banking da Caixa. Nessa condição, a chance de acertar as seis dezenas sorteadas é de 1 em 50.063.860. No sorteio realizado no sábado (11) saíram os números 23-24-26-38-42-49.

Caso o ganhador invista o dinheiro na poupança, uma das aplicações mais conservadoras e com menor rentabilidade do Brasil atualmente, ele vai ganhar R$ 1.075.198,51 por mês. Se a opção for colocar em um fundo de renda fixa, com rentabilidade de 100% do CDI, todos os meses, ele receberá R$ 1.285.285,12.

Caixa garante segurança das loterias

A avalanche de críticas e perguntas sobre a idoneidade das loterias motivou a Caixa a divulgar não só o Estado onde foi feita a aposta ganhadora, mas também a reafirmar que o sorteio dos prêmios é seguro. De acordo com o banco, são usadas bolas com o mesmo peso e diâmetro, que são aferidas periodicamente pelo Inmetro.

Além disso, o banco diz que depois dos sorteios, as bolas são guardadas em uma maleta, que só é reaberta na apuração seguinte, com a presença do público e acompanhamento de auditores populares.

O equipamento do sorteio também é preparado para evitar fraudes. As pás dos globos em que as bolas ficam girando são feitas de material acrílico, para impedir a interferência eletromagnética nas bolas.

A Caixa também afirma que, com essas medidas, os números possuem a mesma probabilidade de serem sorteados, possibilitando que qualquer pessoa acabe premiada, em qualquer lugar do país.

Confira nota na íntegra da Caixa:

"A CAIXA reforça a responsabilidade, segurança e transparência com que vem administrando as Loterias Federais do Brasil há 58 anos, tendo por objetivo maior garantir os repasses sociais que beneficiam toda a sociedade brasileira, além de distribuir prêmios. O processo é integralmente auditado e possui certificação ISO 27001 e WLA-SCS.2012.

Considerando o compromisso com o sigilo e segurança do ganhador, a CAIXA se limita a informar que o ganhador do concurso 2150 da Mega-Sena é do estado de Pernambuco.

Como Funcionam os Sorteios das Loterias Federais:

A geração dos números sorteados em todas as modalidades de loterias de prognósticos é aleatória e garantida por diversas práticas e ações de controle. São utilizadas bolas com o mesmo peso e diâmetro, que são aferidas periodicamente, com análise feita pelo INMETRO, instituição de maior reconhecimento no Brasil em matéria de metrologia. Ao final de cada aferição, as maletas são lacradas e abertas somente no momento do sorteio, na presença do público e sob acompanhamento dos auditores populares.

O equipamento utilizado no sorteio possui pás que promovem o contínuo e ritmado embaralhamento das bolas numeradas, sendo composto de acrílico, material que impede qualquer possibilidade de interferência eletromagnética no sorteio.

Pela Lei das Probabilidades, todos os números possuem a mesma probabilidade de serem sorteados em todos os sorteios, o que torna possível que qualquer pessoa, em qualquer lugar do Brasil, possa ser contemplada em qualquer modalidade de loteria de prognósticos numéricos, dependendo apenas da combinação de dezenas apostadas e do fator sorte do apostador.

A CAIXA ressalta que as certificações ISO 27001 e WLA-SCS.2012 comprovam que o banco utiliza-se das melhores práticas do mundo em segurança da informação, assegurando a disponibilidade, integridade, confidencialidade e autenticidade das informações nos processos de administração das Loterias Federais."

FONTE / NSC TOTAL

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Fiscalização dos pais é a melhor maneira de evitar o abuso de predadores na internet

As redes sociais e os aplicativos de mensagens estão presentes no dia a dia de 85% das crianças e adolescentes no Brasil e essa situação pode levar a assédios, abusos e explorações sexuais na internet. Para o agente policial Ivan Castilho, do Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (NIS/TJSC), a fiscalização dos pais, educadores e responsáveis...
Continuar lendo...

SIC recupera celular avaliado em R$ 1 mil furtado em junho

Polícia Civil, por meio do Setor de Investigação e Capturas - SIC, restitui nesta segunda-feira (20) um celular avaliado em R$ 1 mil à vítima de furto ocorrido no dia 15 de junho de 2019, no bairro Centro II, quando a vítima cochilava em seu veículo. O aparelho foi encontrado no dia 17 de junho com E.B.B, na Praça do Chafariz, localizada no Centro da cidade. O investigado irá responder pelo crime de receptação,...
Continuar lendo...

Professoras da UDESC fazem visita as escolas de campo de Brusque

Uma bela horta, um belo pomar, bichos de estimação, a confecção de bonecas e o mundo da educação fazendo parte do dia a dia da comunidade como um todo. Essa a realidade de quatro escolas de campo de Brusque: EEF Edith Gama Ramos, EEF Pe. Carlos Fuzão, E.E.F. Edith Krieger Zabel e EEF Profª Adelina Zierke. A boa gestão dessas escolas fez com que nesta quarta-feira, 10, a diretora geral da FAED UDESC, Julice Dias, e a diretora de...
Continuar lendo...