CDL discute com autoridades soluções para resolver o problema dos moradores de rua

A CDL de Brusque realizou nesta quarta-feira (8), reunião com a membros da diretoria além de autoridades do município.O objetivo vou discutir idéias para resolver o problema dos moradores de rua, que acabam causando transtorno para os comerciantes além do problema social. 

O Secretário de Assistência Social da Prefeitura de Brusque, Deivis da Silva, foi o primeiro a falar. Ele apresentou os números de atendimentos e ações que foram realizadas pela Prefeitura visando resolver a situação do morador de rua.

Um comerciante da rua Adriano Schaffer no centro, destacou uma casa abandonada próximo ao seu estabelecimento que está sendo utilizado como abrigo dos moradores de rua. Inclusive segundo o empresário os 'desoculpados' já invadiram a casa. O problema é que causam transtorno aos moradores das proximidades durante o dia e principalmente a noite. Ele destacou a importância de uma fiscalização também da prefeitura de cobrar dos proprietários de imóveis que estão abandonados para serem responsabilizados pela conservação e segurança do local.

O delegado Fernando de Faveri,  destacou um exemplo da cidade do Rio de Janeiro, onde a prefeitura buscou ações de melhorias para resolver a situação de monitorar e amenizar o problema dos moradores de rua. Ele apresentou um projeto onde a Guarda Municipal através de uma alteração nas funções desses funcionários públicos conseguiram atuar nesse problema dos moradores de rua dando mais autonomia. 

O presidente da CDL, Fabricio Zen, destacou que a ação deve ser conjunta com as entidades, orgão públicos e segurança pública. Em entrevista a rádio Cidade ele destaca comportamentos desses moradores que não são adequados, inclusive fazem suas necessidades em frente as lojas, ocasionando situação desagradável para lojistas e clientes. 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões