Programa Parceria Comunitária viabiliza pavimentação de ruas

Com o Programa Parceria Comunitária, os moradores de Brusque arcam apenas com o pagamento da capa asfáltica, concreto ou paralelepípedo da obra (quando asfalto o preço é de custo, pois o material é fornecido pela usina do município). O governo, por sua vez, fica responsável pela mão de obra e pelo investimento no restante do material necessário.

Assim, a Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, consegue viabilizar inúmeras obras de pavimentação no município. 

No bairro Santa Terezinha, por exemplo, está em andamento a pavimentação dos 70 metros de extensão da rua Gentil Coelho.  

No bairro Primeiro de Maio, a rua Pedro Noldin está em fase de preparação para receber o asfalto. Já em Santa Luzia, a união dos moradores e do Poder Público resultará na colocação de paralelepípedos na rua SL 01. Por fim, no bairro Tomaz Coelho as ruas TC 10 e TC 18 já receberam asfalto e a equipe de Obras trabalha na construção do meio fio. 

No mesmo bairro, a rua Dionísio Vidal Hoffmann recebeu melhoria na drenagem e pavimentação. “Iniciamos semana passada a pavimentação em concreto da via, por se tratar de um local muito íngreme. Nesse caso, os moradores compraram o concreto usinado e a prefeitura entrou a infraestrutura e com a troca de toda tubulação existente. Nos seis metros de largura por 500 metros de comprimento, serão feitas novas bocas de lobo e colocação de concreto, que é a pavimentação indicada”, detalha o diretor geral da secretaria de Obras, Nik Imhof.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões