ONG de defesa de animais busca apoio para se regularizar

A  ONG PAIB (Protetora de Animais Independentes de Brusque)  que é comandada por Eder Leite está buscando sua regularização para consolidar a mudança para uma área doada no município de Botuverá. Hoje o trabalho está sendo feito com o apoio de voluntários que auxiliam na doação de rações e recursos para a manutenção de cerca de 100 cães atendidos pelo casal de defensores brusquenses.

Em entrevista à Rádio Cidade, Eder Leite citou as dificuldades que vem enfrentando para continuar atendendo os animais que são recolhidos em estado de abandono e que vivem hoje em situação difícil, após a chácara em que eram alojados foi alvo de incêndio criminoso, em março de 2018. Desde então a ONG está lutando para se regularizar e poder buscar recursos junto à órgãos públicos.

Hoje, para manter o atendimento aos cães, Éder Leite conta que depende de doações até mesmo de roupas que posteriormente são comercializadas em bazar, convertendo em dinheiro para a manutenção do trabalho. Na área doada no município de Botuverá há a necessidade de instalação de espaços cercados, por isso ele pede a doação de telas, telhas e madeira, permitindo abrigar cerca de uma centena de animais. Cestas básicas também são bem vindas para o caseiro que trabalha em prol dos animais sem salário.

Nos anos de funcionamento da ONG que está em fase de regularização, cerca de 200 cães já foram encaminhados para a adoção. A expectativa de Éder é que a nova área a ser utilizada possa permitir, além do acolhimento de cães e gatos, de animais de grande porte e até aves que venham a ser apreendidas, debilitadas, e que possam reproduzir numa grande área verde e que posteriormente seus filhotes poderão ser inseridos na natureza. Ele quer transformar a área em local de visitação também, pois são cerca de 150 mil metros quadrados.

Quem puder ajudar a ONG  Protetora de Animais Independentes de Brusque, que terá atuação regional e será carinhosamente chamada de “Arca de Noé”, poderá fazer doações através dos telefones (47) 99681-0965 ou (47) 99620-9842.

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões