Polícia prende falso advogado que atuava em Brusque

A Polícia Civil de Brusque prendeu esta manhã um homem suspeito de atuar ilegalmente como advogado. Ele foi pego no Centro 2, quando agentes cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pela justiça.

De acordo com a polícia, as investigações tiveram início no final do ano de 2018, após denúncias e registros de ocorrências que deram conta que o homem estava captando clientes no município de Brusque. Ele se passava por advogado e oferecia serviços na área advocatícia.

Com os diversos elementos colhidos na fase inicial da investigação, a polícia solicitou o pedido de prisão, bem como busca e apreensão na residência dele. No local, foram apreendidos documentos e dispositivos eletrônicos que irão ser analisados e subsidiarão a investigação em andamento.

O homem foi preso, preventivamente, pelos crimes de estelionato, falsa identidade e exercício irregular de profissão.

As informações são da Polícia Civil.

Dúvidas ou Sugestões

Colisão frontal entre carro e moto deixa um ferido grave

Por volta das 15h12 desta terça-feira (4), na rua dos Cedros, bairro Dom Joaquim, em Brusque, ocorreu um acidente de trânsito envolvendo carro e moto. O condutor da moto Honda, XRE 300, placas de Brusque, de 35 anos, encontrava se sentado na lateral da pista, já sem o capacete, com fratura de membro inferior direito (tíbia), orientado e consciente foi imobilizado e conduzido ao hospital. O condutor do veículo VW Gol, de cor branca, placas de Brusque, de 45...
Continuar lendo...

Terceira morte por Covid-19 é registrada em Brusque

A Secretaria de Saúde de Brusque, por meio da Vigilância em Saúde, informa que foi registrado na tarde desta sexta-feira (3) o terceiro óbito por Covid-19 em Brusque. Trata-se de um homem de 75 anos, morador do bairro Cedro Alto. Ele tinha histórico de hipertensão arterial e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Gaspar (SC).   O paciente iniciou com sintomas no dia 19 de junho. No dia 29 de junho procurou o pronto...
Continuar lendo...

Mulher que morreu com a família no Chile era Adventista e morou em Brusque

Adriane Krueger, que morreu com o esposo e um casal de amigos com os dois filhos em Santiago, no Chile, após um suposto vazamento de gás na casa em que alugaram para passear e comemorar o aniversário de 15 da filha dos amigos, morou em Brusque e mantinha em sua página no Facebook que era brusquense, nascida em Alta Floresta (MT). Ela era casada com Jonathas Nascimento Kruger e a família pertencia a Igreja Adventista do Sétimo Dia, sendo que o marido...
Continuar lendo...