Devedores do Fies poderão renegociar valores em atraso

Estudantes que têm dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderão solicitar a renegociação dos valores devidos entre os dias 29 de abril a 29 de julho. O prazo foi divulgado hoje (3), em portaria do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia do Ministério da Educação (MEC) responsável pel execução do programa. 

As regras para a renegociação foram divulgadas no ano passado. Podem ser renegociados os contratos com atraso no pagamento de pelo menos 90 dias e que ainda estiverem no período de amortização e não tenham sido alvo de ação judicial pelo agente financeiro. A medida vale para os contratos de financiamentos concedidos até o segundo semestre de 2017.

Os contratantes do Fies terão duas opções: o reparcelamento, que permite estender o prazo de pagamento da dívida para até 48 parcelas mensais, além de incluir os estudantes com contratos mais antigos na campanha de renegociação; e o reescalonamento, que possibilita diluir os valores em atraso nas parcelas a vencer.

Para isso, deverá ser paga uma parcela de entrada, em espécie, correspondente ao maior valor entre 10% do valor consolidado da dívida vencida e R$ 1 mil. O valor da parcela mensal de amortização resultante da renegociação não poderá ser inferior a R$ 200, mesmo que implique a redução do prazo remanescente contratual.

O estudante financiado interessado em renegociar a dívida com o Fies deverá apresentar-se na agência bancária onde firmou o contrato, com um ou mais fiadores, cuja renda não poderá ser menor do que o dobro do valor da nova prestação calculada, respeitando o tipo de garantia contratada.

Fies

O Fies oferece financiamento para cobrir os custos das mensalidades de instituições privadas de ensino superior. O programa foi reformulado em 2017 e, a partir de 2018, passou a ofertar financiamentos em duas modalidades. A primeira é financiamento com juro zero para os estudantes que tiverem renda per capita mensal familiar até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o limite de renda.

A segunda é a denominada P-Fies, destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar até cinco salários mínimos. A modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e de Desenvolvimento e com recursos dos bancos privados participantes.

Neste ano, o Fies oferece 100 mil vagas na modalidade juro zero e 450 mil na modalidade P-Fies, de acordo com o MEC.

Dúvidas ou Sugestões

Comerciante é detido por vender cigarros ilegais no centro

A Polícia Militar recebeu denúncia anônima de que um estabelecimento do Camelô da Praça da Cidadania realizava a venda de "cigarros do Paraguai". A informação repassada para polícia era que o proprietário mantinha um grande estoque da mercadoria em uma sala atrás de seu comércio. No local os policiais encontraram algumas carteiras de cigarro de marcas "proibidas" expostas em uma estante. O...
Continuar lendo...

Temporal com granizo assusta motoristas que transitavam na SC-108

Chuva de granizo foi registrada no início da noite desta segunda-feira (3), na região de Claraíba em Nova Trento. Motoristas que transitavam pela rodovia Gentil Batisti Archer (SC-108), procuraram abrigo em um posto de combustíveis no momento da chuva. Segundo o que recebemos de informações de internautas era impossível transitar na rodovia. As primeiras informações é que nenhum acidente foi registrado durante o...
Continuar lendo...

Rádio Cidade mantém tradição e vai até Saquarema-RJ transmitir o jogo

A rádio Cidade sempre comprometida com ouvintes e anunciantes, vai transmitir ao vivo domingo (9) a partir das 18h, direto de Saquarema-RJ a partida do Brusque diante do Boavista pelo Campeonato Brasileiro da Série D. Já a partir das 17h tem o Concentração Esperando o Futebol com as primeiras informações. A emissora vem mantendo desde o início do campeonato um padrão de transmissão direto do local onde ocorre o jogo. A...
Continuar lendo...