Vereador apresenta soluções curiosas para trânsito e ciclovias

O vereador André Rezini (PPS) achou duas maneiras curiosas para resolver dois problemas que têm sido latente nas discussões de mobilidade urbana. Uma delas diz respeito ao fluxo intenso de veículos em determinados horários, enquanto que o outro trata de solução para o embate de quem é a favor e os contrários à instalação de ciclovias e ciclofaixas.

As duas ideias foram apresentadas por ele na sessão desta terça-feira (2) da Câmara Municipal. A que trata do excesso de veículos nos horários de pico foi endereçada a três entidades empresariais: Acibr, CDL e Ampebr. Ele sugere que elas incentivem seus representados a adotarem horários diferentes de abertura e fechamento diário das empresas.

Rezini acredita que, com isso, haverá número menor de carros nas ruas, o que tende a fazer com que o fluxo seja mais rápido e haja menos congestionamentos.

“Não estudei para isso, mas busquei entender e conversei com bastante pessoas envolvidas na questão do trânsito. É uma situação que é palpável. Claro que vamos mexer um pouco na questão da mudança, do saudosismo do nossos povo. Porque quando falas em mudança, as pessoas ficam um pouco retraídas”, disse na tribuna.

Já em relação à situação polêmica das ciclofaixas, Rezini também apresentou sugestão inusitada. Na visão dele, é possível definir em algumas via espaços diferentes para que trafeguem ciclistas e pedestres, cada um em um lado da via.

“Por que não começarmos com um bairro da nossa cidade para ver se é uma ideia sólida? Fazermos um lado da via, principalmente a que tem o poste, deixar para o pedestre. Lógico, preparar, em relação ao que estão hoje. O outro lado colocar para o ciclista, ao invés de fazermos a ciclofaixa. Porque as ciclofaixas estamos fazendo em vias que não estão preparadas”, destacou.

Dúvidas ou Sugestões