Vereador apresenta soluções curiosas para trânsito e ciclovias

O vereador André Rezini (PPS) achou duas maneiras curiosas para resolver dois problemas que têm sido latente nas discussões de mobilidade urbana. Uma delas diz respeito ao fluxo intenso de veículos em determinados horários, enquanto que o outro trata de solução para o embate de quem é a favor e os contrários à instalação de ciclovias e ciclofaixas.

As duas ideias foram apresentadas por ele na sessão desta terça-feira (2) da Câmara Municipal. A que trata do excesso de veículos nos horários de pico foi endereçada a três entidades empresariais: Acibr, CDL e Ampebr. Ele sugere que elas incentivem seus representados a adotarem horários diferentes de abertura e fechamento diário das empresas.

Rezini acredita que, com isso, haverá número menor de carros nas ruas, o que tende a fazer com que o fluxo seja mais rápido e haja menos congestionamentos.

“Não estudei para isso, mas busquei entender e conversei com bastante pessoas envolvidas na questão do trânsito. É uma situação que é palpável. Claro que vamos mexer um pouco na questão da mudança, do saudosismo do nossos povo. Porque quando falas em mudança, as pessoas ficam um pouco retraídas”, disse na tribuna.

Já em relação à situação polêmica das ciclofaixas, Rezini também apresentou sugestão inusitada. Na visão dele, é possível definir em algumas via espaços diferentes para que trafeguem ciclistas e pedestres, cada um em um lado da via.

“Por que não começarmos com um bairro da nossa cidade para ver se é uma ideia sólida? Fazermos um lado da via, principalmente a que tem o poste, deixar para o pedestre. Lógico, preparar, em relação ao que estão hoje. O outro lado colocar para o ciclista, ao invés de fazermos a ciclofaixa. Porque as ciclofaixas estamos fazendo em vias que não estão preparadas”, destacou.

Dúvidas ou Sugestões

Mulher desaparecida em Brusque em 2017 morre em São Paulo

Na tarde deste sábado (9), por volta das 14h, foi sepultada no Cemitério da Saudade de Brusque, Lucilene Ramos,  35 anos. Informações colhidas junto à Delegacia de Desaparecidos de Santa Catarina apontam quem ela era considerada desaparecida desde 12 de dezembro de 2017. A mulher estava vivendo como moradora de rua em São Paulo, onde ocorreu a morte. Ela morava no bairro Steffen em Brusque e as causas da morte não foram confirmadas. Seu...
Continuar lendo...

Traficante com 51 passagens pela polícia é preso novamente

Um homem com 51 passagens foi preso pela polícia mais uma vez traficando. O fato aconteceu na segunda-feira (28) em Itapema quando o elemento foi abordado pela Polícia Militar através do Pelotão de Patrulhamento Tático. Com ele foi encontrado um revólver e certa quantidade de drogas, 19 petecas de cocaína, 24 gramas de maconha, uma balança de precisão e seis munições. O homem com 51 passagens pela polícia,...
Continuar lendo...

Lateral e atacante chegam para reforçar o Brusque na Copa SC

Pensando na disputa da Copa Santa Catarina, o Brusque acertou a contratação de dois atletas: o lateral esquerdo Luiz Henrique, de 20 anos, que estava no Juventus de Jaraguá e o atacante Wayni, de 23, que tem como último clube o Toledo/PR. Natural de Salvador, Luiz Henrique fez toda sua formação nas categorias de base do Grêmio, profissionalizando-se no clube gaúcho, onde ficou dos 10 aos 20 anos. Além do clube jaraguaense, o lateral...
Continuar lendo...