Quase cinco milhões já enviaram as declarações

Começou no último dia 7 de março e encerra em 30 de abril o período de envio de declarações do Impostod e Renda à Receita Federal. Somente nestes primeiros dias, quase 5 milhões de pessoas já entregaram os dados, conforme informações da própria receita.

Está obrigado a apresentar a declaração anual o contribuinte que, no ano-calendário de 2018, recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, quem obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50

Também estão obrigadas a apresentar a declaração pessoas físicas residentes no Brasil que no ano-calendário de 2018 receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; pretendam compensar, no ano-calendário de 2018 ou posteriores, prejuízos com a atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2018; tiveram, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e nessa condição encontravam-se em 31 de dezembro; ou optaram pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato.

CPF de dependentes

Neste ano, é obrigatório o preenchimento do número do CPF de dependentes e alimentados residentes no país. A Receita vinha incluindo essa informação gradualmente na declaração. No ano passado, era obrigatório informar CPF para dependentes a partir de 8 anos.

Imóveis e carros

Neste ano, não é obrigatório o preenchimento de informações complementares em Bens e Direitos relacionadas a carros e casas. A previsão inicial da Receita era que essas informações passassem a ser obrigatória neste ano, mas, devido à dificuldade de contribuintes em encontrar os dados, o preenchimento complementar não precisa ser feito.

Desconto simplificado

A pessoa física pode optar pelo desconto simplificado, correspondente à dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitado a R$ 16.754,34.

Deduções

O limite de dedução por contribuição patronal ficou em R$ 1.200,32, devido ao reajuste do salário mínimo. No ano passado, o limite era R$ 1.171,84. Se não houver nova lei, este é o último ano em que há a possibilidade dessa dedução de contribuições pagas ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por patrões de empregados domésticos com carteira assinada. Essa medida começou a valer em 2006 para incentivar a formalização dos empregados domésticos.

A dedução por dependente é de, no máximo, R$ 2.075,08 e, para instrução, de R$ 3.561,50.

Os contribuintes também podem deduzir valores gastos com saúde, sem limites, como internação, exames, consultas, aparelhos e próteses, e planos de saúde. Nesse caso, é preciso ter recibos, notas fiscais e declaração do plano de saúde e informar CPF ou CNPJ de quem recebeu os pagamentos.

As chamadas doações incentivadas têm o limite de 6% do Imposto de Renda devido. As doações podem ser feitas, por exemplo, aos fundos municipais, estaduais, distrital e nacional da criança e do adolescente, que se enquadram no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Segundo a Receita, neste ano o formulário sobre as doações ao ECA ficou mais visível.

Aqueles que contribuem para um plano de previdência complementar – Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e Fundo de Aposentadoria Programada Individual (Fapi) - podem deduzir até o limite de 12% da renda tributável.

Fonte e informações: Agência Brasil

Dúvidas ou Sugestões

Projeto modelo da Secretaria da Educação será apresentado na Alemanha

Iniciativa considerada modelo em Santa Catarina, o “Programa Nossa Escola Nosso Lar” será uma das atrações na Conferência sobre Sustentabilidade que será realizada de 16 a 17 de julho na cidade de Karlsruhe, na Alemanha. Na oportunidade, a secretária da Educação, Eliani Aparecida Busnardo Buemo, poderá apresentar aos alemães e representantes de outros países da comunidade europeia os trabalhos que...
Continuar lendo...

Acidente no bairro Aymoré deixa piloto de moto ferido

Por volta das 13h37 desta quarta-feira (17), o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender u acidente de trânsito, na rua Prefeito Carlos Boss, bairro Aymoré, em Guabiruba, envolvendo carro e moto. O automóvel GM Corsa, de cor branca, era conduzido por um homem de 36 anos de idade que nada sofreu. A motocicleta Honda CB 300, de cor vermelha, era conduzida por um homem de 29 anos. O piloto da motocicleta encontrava-se deitado ao lado da via, consciente, orientado,...
Continuar lendo...

PM prende cinco traficantes com quase 170 kg de maconha

A Polícia Militar em Camboriú prendeu cinco homens por tráfico de drogas, na noite do último domingo, dia 02 de junho, com quase 170 kg de maconha, além de 269 comprimidos de ecstasy.  Uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) estava em rondas pela Rua Daniel Silvério, no Bairro Cedro, por volta das 19h40min, quando flagrou um motociclista, com uma mochila nas costas, chegar à casa de um conhecido...
Continuar lendo...