Obras da Antonio Heil e Barragem de Botuverá estão longe da conclusão

A obra de duplicação da Rodovia Antonio Heil está atrasada e pode nem ser concluída este ano. Palavras do vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, que esteve esta semana em Florianópolis, em reunião com o governo do estado, onde entregou um documento sobre a situação da via.

O documento elaborado pela Prefeitura de Brusque registra diversos problemas detectados ao longo do trecho da rodovia entre Brusque e Itajaí. Ele foi entregue nas mãos do secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler.

“Há esses problemas acontecendo na obra e que precisam ser solucionados. Mas não podemos ficar esperando tudo isso se resolver”, destacou Vequi ao programa Rádio Revista Cidade desta quarta-feira (20).

O vice-prefeito afirma que ouviu do secretário que a conclusão da obra está longe de ocorrer. O ideal, na visão dele, é que a empresa vencedora do certame retornasse aos trabalhos, mas a direção da mesma alega problemas de ordem financeira para isso. É que a liberação do recurso por parte do governo somente ocorre após as etapas serem concluídas. A empresa precisa colocar dinheiro na frente.

Além do retorno da empresa aos trabalhos, outras saídas seriam o rompimento do contrato com ela e a segunda colocada ser chamada para dar seguimento aos serviços, bem como encerrar todo o processo e abrir uma nova licitação para que se continue tudo de onde parou.

A obra já apresenta diversos problemas. Já há problemas de rachaduras em alguns trechos.

“Poderemos ter em breve outros problemas, que é danificação da própria pista que está executada”, destacou Ari Vequi.

Barragem de Botuverá

O vice-prefeito também falou a respeito da obra da Barragem de Botuverá. Segundo ele, inicialmente, o serviço total estava orçado em R$ 108 milhões. Porém, após mais de dois anos de percalços e atrasos, atualmente o valor está em mais de R$ 150 milhões.

O problema é que com a demora na liberação de licenças ambientais, o governo entrou em crise financeira e utilizou o recurso para pagar outras obras de infraestrutura do estado.

“Não existe mais o recurso. O prefeito Nene (Colombi) tem acompanhado muito essa situação em Brasília e eu também tenho acompanhado”, frisou Vequi.

ADRs e Associações de Municípios

Outra situação que tem preocupado o governo diz respeito ao fim das Agências de desenvolvimento Regionais (ADRs). O governo do estado decidiu transferir para as associações de municípios boa parte das demandas das cidades.

“É preocupante, pois passa mais responsabilidade para essas entidades. Transferir esse ônus para as associações afasta a presença do governo do estado dos municípios”, pontuou o vice-prefeito.

Brusque vai estar inserida, agora, dentro da área da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi).

Dúvidas ou Sugestões

Bombeiros socorrem ciclista após choque contra veículo

O Corpo de Bombeiros de Brusque foi acionado por volta das 14h17 desta quinta-feira (23) na rua Getúlio Vargas, Centro, para atender um acidente de trânsito envolvendo um veículo e uma bicicleta. O ciclista foi encontrado caído às margens da via, consciente, orientado, com sinais vitais estáveis, sem ferimentos aparentes, referindo dor nos membros superiores e inferiores. Após  o atendimento pré-hospitalar, foi imobilizado e...
Continuar lendo...

Casa de Brusque doa anuário Notícias de Vicente Só a Guabiruba

O prefeito Matias Kohler e o vice Valmir Zirke recepcionaram no gabinete da Prefeitura de Guabiruba, representantes da Casa de Brusque para receber a doação de um lote de exemplares do anuário Notícias de Vicente Só. O anuário tem 16 anos de circulação, e nesta edição Guabiruba ganha um espaço de destaque com um artigo assinado pela professora Rosemari Glatz sobre os 100 anos da tradição do Pelznickel na...
Continuar lendo...

Brusque contrata jogador que estava atuando no futebol Mineiro

A segunda-feira pós-feriado de páscoa começou cheia de novidades no Brusque. Depois de anunciar a contratação do zagueiro Magrão, o clube também confirmou a contratação do volante/lateral Rodney. O atleta de 29 anos vem do futebol mineiro. Seu último clube foi o URT, time pelo qual disputou a série A do campeonato Mineiro. O jogador também tem passagem pelo futebol paulista, carioca e goiano. Os diretores...
Continuar lendo...