“É uma reforma muito severa, do ponto de vista social"

A proposta de Reforma da Previdência, também chamada de Nova Previdência pelo governo federal, já está no Congresso Nacional e deve ser levada à votação em breve. Porém, ela traz algumas mudanças drásticas e que precisam ser conhecidas de perto pelo cidadão.

A afirmação é da advogada Lucimara Rosa Gimenez. Ela foi a entrevistada desta sexta-feira (15) do programa Rádio Revista Cidade, da Rádio Cidade. Assunto que vem sendo alvo de muitas dúvidas devido à complexidade das mudanças apresentadas no sistema de Previdência Social pelo governo.

“É uma reforma muito severa! Do ponto de vista social. Não estamos aqui enfocando, de nenhuma maneira, o lado político. Até porque a reforma é necessária. Hoje, estamos envelhecendo rapidamente, temos pouca densidade populacional, menos filhos. Obviamente, temos poucas pessoas para, futuramente, pagar as próximas aposentadorias”, pontua ela.

Segundo a advogada, um dos segmentos que sofrerá impacto direto é dos que atuam em atividades de risco à vida e à saúde. São as chamadas aposentadorias especiais. Ela integra, entre outros, trabalhadores de áreas que envolvem contato com produtos inflamáveis, explosivos, expostos à redes de alta tensão elétrica e segurança patrimonial.

“Nós temos que qualificar o trabalhador. Hoje, um trabalhador em serviço administrativo tem uma expectativa de vida. Já um trabalhador de uma mineradora tem outra expectativa de vida. Não posso passar a [égua e generalizar, com todos sendo calculados no mesmo bolo”, frisa ela.

O servidor público também está enquadrado nos mais afetados pela reforma. Segundo a advogada, haverá aumento do tempo de permanência no serviço público e diminui o ganho final. Além disso, haverá limite de idade e o valor do benefício ao final será bem menor do que existe hoje.

“Hoje, temos entre 9% e 11% de contribuição, na alíquota máxima, e vai pular para 14% nessa reforma que ele (governo) está propondo”.

Para a advogada, as atuais regras propostas farão que haja, em alguns anos, uma sociedade de velhos miseráveis.

 

Dúvidas ou Sugestões

Brusque Basquete é derrotado na estreia em casa

Jogando na Arena Brusque, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro de Basquetebol, a equipe do Brusque Basquete/FME/Aradefe/Trimania acabou derrotada pelo Novo Basquete Ponta Grossa, O duelo, que foi o primeiro da equipe em casa na competição, acabou em 87 a 74 para o time paranaense, que chegou ao terceiro triunfo em quatro partidas. O Brusque Basquete soma uma vitória e três derrotas na competição.  O time volta a jogar agora no...
Continuar lendo...

Contribuinte que não pagou IPTU no último dia 10 de março, deve emitir nova guia

O diretor geral da Secretaria da Fazenda de Brusque, Guilherme Ouriques, orienta aos contribuintes que não pagaram o IPTU no último dia 10 de março, que estes emitem uma nova guia no site da prefeitura de Brusque. Conforme Ouriques o contribuinte que pagar o IPTU com a data antiga, poderá gerar uma diferença no pagamento, o que irá causar transtornos as pessoas, como exemplo, ele cita que no próximo ano, o contribuinte poderá sentir...
Continuar lendo...

Preso ao tentar furtar em obra de construção

Um homem de 24 anos foi preso pela Polícia Militar após tentar furtar produtos de uma obra em construção. O caso ocorreu na tarde de ontem, domingo (24), no Centro de Brusque. De acordo com a PM, o chamado foi feito à Central de Operações (Copom) por volta de 15h. O homem estava no local ainda. Ele parou na Delegacia de Polícia Civil. O fato foi registrado na Avendia Getúlio Vargas.
Continuar lendo...