Intervenção no Cartório já causa prejuízo incalculável, diz vereador

O vereador Jean Pirola (PP) falou, na sessão desta terça-feira (12) da Câmara Municipal, sobre a audiência pública que tratou da intervenção do Tribunal de Justiça de Santa Catarina no Cartório de Registro de Imóveis de Brusque. O evento ocorreu na última semana, na Câmara Municipal, e teve presença de um grande público. 

“O que se mostrou na audiência pública é que as pessoas buscam solução. Se for fazer uma cartilha, que se diga qual o Norte que essas pessoas devem tomar”, frisou ele, criticando a ausência da interventora. 

Segundo o vereador, cerca de R$ 60 milhões deixaram de circular no município desde a intervenção, em setembro de 2018. Principalmente por conta de que empresas estão demitindo por conta de um ato admnistrativo. 

“Intervir para prejudicar nunca vi isso na mina vida. Intervir para não fazer a   coisa certa, nunca vi isso na minha vida”, declarou. 

Pirola disse que entregou diversos documentos ao deputado estadual João Amin (PP), que vai tratar de reforçar a cobrança junto ao Tribunal de Justiça pelo fim do impasse. 

CORREÇÃO: EQUIVOCADAMENTE, A REPORTAGEM INFORMOU, POR ERRO DE DIGITAÇÃO, O PARTIDO DO VEREADOR JEAN PIROLA COMO SENDO OUTRA LEGENDA. ELE PERMANECE NO PARTIDO PROGRESSISTA (PP).

Dúvidas ou Sugestões