Brusque vai a Capital e perde para o Figueirense por 2 a 0

O primeiro gol da partida surgiu logo aos 9’ de jogo, após cobrança de escanteio de Júlio Rusch do Figueirense a defesa do Brusque falhou na marcação e Alípio bateu, marcando o primeiro gol do jogo.

O Brusque não se abalou com o gol do adversário e criou oportunidades para o empate. A melhor delas ocorreu aos 25’ quando Vitor Júnior roubou a bola e tocou para o Maranhão que servi Jefferson Renan, mas a conclusão foi para fora. Logo em seguida o Brusque ainda criou boa oportunidade através do próprio Jefferson Renan.

No momento em que o Brusque estava melhor na partida veio o castigo. Aos 28’, após um desvio de cabeça no meio da área de Willian Popp, o atacante Júlio, também de cabeça, ampliou o marcador para o time da casa, fazendo 2 a 0. 

O Brusque continuou buscando pelo gol, mas sem finalizações acertadas. Uma das oportunidades aconteceu aos 40’ com o zagueiro Neguetti e a outra pouco depois em cobrança de falta através de Vitor Júnior. O ataque criou em várias oportunidades, mas quem comprometeu no primeiro tempo foi o sistema defensivo, definindo a vitória parcial do time da casa.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo não foi muito diferente da primeira etapa e o Brusque se movimentou bem no ataque, mas faltou conclusão para o gol. O Figueirense, que já estava desfalcado, trocou Mateus Lucas no lugar de João Diogo e Juninho no lugar de Júlio Rusch. No final ainda saiu Alípio e entrou Bruno no Figueirense. 

O Brusque mexeu e tirou Maranhão, entrando o atacante Isac. Mas a mudança já veio tarde e o time não conseguiu reagir.  A última oportunidade do Bruscão veio com a tentativa de tabela entre Vítor Júnior e Hélio Paraíba, sem sucesso. O Brusque ainda fez a segunda substituição, saindo Everton Dias e entrando Gustavo. 

 O torcedor brusquense que foi ao Orlando Scarpelli saiu revoltado com o comportamento do time, não pela derrota, mas pelos erros cometidos que culminaram com a derrota. O próximo jogo do Brusque será contra o Marcílio Dias, em casa.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 2 X 0 BRUSQUE

Figueirense / Denis; Alemão Teixeira, Ruan Renato, Wesley e Brunetti; Jean, Júlio Rusch (Juninho) e Patrick e Alípio; João Diogo (Mateus Lucas) e Willian Popp. Técnico: Hermerson Maria.

Brusque / Paulo Sérgio; Edilson, Ianson, Neguetti e Airton; Ruan, Maranhão (Isac), Everton Dias (Gustavo) e Vítor Júnior; Hélio Paraíba e Jefferson Renan. Técnico - Marcelo Caranhato. 

Arbitragem / Luiz Augusto Silveira Tisne, auxiliado por Kleber Lúcio Gil e Alexandre de Medeiros Lodetti. 

Dúvidas ou Sugestões