PT divulga nota sobre declarações de Hang e ameaça de morte

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Brusque (PT) divulgou nota em que contrapõe as declarações do empresário Luciano Hang, dono da Havan, sobre um homem que teria tentado assassiná-lo. Hang expôs o caso nesta quarta-feira (6) em sua página no Facebook, quando apresentou imagens do homem, identificado como Mauricio Dela Justina, que teria atacado uma imagem dele com objeto cortante na entrada da loja matriz, em Brusque.

O homem acabou preso instantes depois, devido à ação de seguranças da loja e da Polícia Militar. Na apresentação na rede social, Hang faz afirmações de que Dela Justina possui ligações com o PT. Ele apresenta, inclusive, diversas imagens em que o homem aparece defendendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, bem como posando para fotos ao lado de figuras como o ex-prefeito Paulo Eccel, a ex-senadora Ideli Salvatti e o atual vereador, Claudemir Duarte, o Tuta.

Veja o teor do manifesto do PT.

“Nota do Partido dos Trabalhadores de Brusque

Do episódio que o proprietário das lojas Havan noticiou em sua rede social e que repercute na imprensa, o Partido dos Trabalhadores de Brusque reafirma que NÃO concorda e NÃO pratica nenhum tipo de violência.

Nesse sentido, é lamentável que o empresário tente vincular o suposto ato(cujo acusado NÃO é filiado ao Partido), como se fosse atitude partidária.

Orientamos os filiados apontados nas fotos pelo dono da Havan, a buscarem na justiça a reparação moral na medida que, de forma não verdadeira, irresponsável e panfletária, foram vinculados a um ato sem nenhuma prova de responsabilidade.

Por fim, dentro da lógica do empresário, se o suposto ato servir para incriminar e difamar petistas: todos os atos do Bolsonaro que prejudicam o povo brasileiro também serão culpa da empresa Havan?

Brusque, 06 de março de 2019.

Cedenir Alberto Simon

Pres. Diretório Municipal.”

Dúvidas ou Sugestões