Homem registra BO dizendo que sofre ameaças de credor

Um homem de 32 anos de idade, que mora em Guabiruba, procurou o plantão da delegacia de Polícia relatando que vem sofrendo constantes ameaças, por conta de uma dívida que possui. Ele disse que o credor vem fazendo constantes ameaças através do whatsapp.

Em uma das mensagens, diz a vítima, seu desafeto escreveu que “vê se vai me pagar, porque eu vou ali e faço merda, seu caco”. Não satisfeito com as ameaças, o homem teria pego uma marreta e um facão e ficou esperando a vítima até às 5h. O comunicante entregou então R$ 1.300,00 ao credor, mas as ameaças não cessaram.

“Daqui a pouco estou passando ai pra fazer um estrago”, diz uma das mensagens enviada pelo aplicativo. Em outra, ele diz “tu fica ligado porque a hora que eu te pegar, cara, tu fica ligado porque pra eu ir aí é dois palitos”.

A esposa do credor também tem feito ameaças através do celular e inclusive perguntou: “Tu tem família? Tu vai se arrepender, vai chorar lágrima de sangue”, diz a vítima, que não nega estar devendo, mas não concorda com a forma que vem sendo cobrado.

Dúvidas ou Sugestões