Funcionário do CREAS é agredido na Praça Gilberto Colzani

Um servidor do Centro de Referência Especializada e Assistência Social de Brusque (CREAS) compareceu a Delegacia de Polícia Civil de Brusque para registrar um Boletim de Ocorrência de agressão física. De acordo com o comunicante após denúncia de populares informando que na Praça Gilberto Colzani um grupo de pessoas em situação de rua estariam naquele local supostamente utilizando-se de substâncias de efeitos análogos, ele foi designado para averiguar os fatos.

Lá chegando por volta das 13h30 desta quarta-feira (06) ao iniciar um diálogo com as pessoas que estavam na praça, uma mulher que estava deitada no local, levantou-se e começou a agredi-lo com socos e pontapés. De acordo com o servidor, a mulher estava em visível estado de embriaguez. Diante da situação de agressão contra ele procurou afastar-se do local, mas foi perseguido pela mulher que continuou a agredi-lo com socos e pontapés. O servidor informou que foi preciso correr para evitar que as agressões continuassem.

 

 

Dúvidas ou Sugestões