Lei Rouanet viabiliza “Paixão e Morte de Um Homem Livre”

Faltando pouco mais de dois meses para a 22ª edição do espetáculo “Paixão e Morte de um Homem Livre”, a Associação Artística Cultural São Pedro (AACSP) já comemora o sucesso da captação de recursos a partir da Lei Rouanet, um mecanismo de fomento à cultura através do Governo Federal.

A inscrição do projeto e o contato com os patrocinadores foi realizado com assessoria da PrismaCultural, através de seu diretor e produtor, Sérgio Valle. Em 2015, além de incluir no projeto tudo que precisava se feito, também foi possível avançar.

Naquela edição iniciou a contratação de prestadores de serviço e a novidade que mais chamou atenção: a contratação de um ator profissional. Desde então, já passaram pelo palco do espetáculo nomes conhecidos como Julio Rocha, Francisco Cuoco e, este ano, Luciano Szafir. 

Fonte Assessoria

Dúvidas ou Sugestões