Imigração polonesa celebrará 150 anos em 2019

A imigração polonesa para o Brasil comemora 150 anos em 2019. Em Brusque, a data é lembrada em 25 de agosto, onde chegou o primeiro grupo há 130 anos. Está sendo preparada uma programação especial para marcar a passagem. Além do lançamento de um livro sobre o tema, a comunidade polonesa busca junto ao poder público espaço para simbolizar sua trajetória na cidade e o pioneirismo no Brasil.

As comemorações estão sendo encabeçadas pela Fundação Valendowky. O empresário Ivan Walendovsky esteve na Rádio Cidade na última semana, quando falou sobre o assunto no programa Rádio Revista Cidade. Ele, inclusive, obteve recentemente a dupla cidadania, como cidadão da União Europeia e Cidadão Polonês.

“É uma data que temos buscado lembrar, fazendo eventos que resgatem as tradições culturais do polonês. A cidade de Brusque não pode, em hipótese alguma, se descuidar”, destacou ele.

Segundo Ivan, a Fundação está em conversas com a Prefeitura para pleitear a utilização de espaço em alguma das praças públicas do município com algo que simbolize a presença polonesa e sua chegada a Brusque. “Ela, na verdade, surgiu como uma sugestão do governo da Republica da Polônia através do consulado de Curitiba”, destaca Ivan.

O evento em comemoração aos 150 anos deverá ter a presença de um membro do alto escalão do governo polonês. Além do espaço público em Brusque, o lançamento do livro sobre os 150 anos, a família Valendowsky vem buscando junto à Assembleia Legislativa de Santa Catarina o reconhecimento do pioneirismo da cidade em relação à imigração polonesa.

Dúvidas ou Sugestões