PM recupera objetos furtados

Ocorrência registrada ontem, domingo (06) por volta das 13h07 no bairro Rio Branco. Informações repassadas pelo Centro de Operações da Policia Militar (Copom) foi informado através de um homem que fazia trilha no bairro Rio Branco e que havia encontrado objetos no matagal.

A guarnição da PM chegando ao local percorreu essa trilha e encontrou alguns documentos, cartões de crédito e um celular. Após levantamento de informações foi possível constatar que se tratava de objetos furtados na noite de sábado (05) em uma lanchonete no bairro Souza Cruz. Diante dos fatos a guarnição da PM recolheu os objetos e realizou a entrega dos mesmos na Delegacia de Polícia, para os procedimentos cabíveis.

Dúvidas ou Sugestões

PM prende homem por tráfico de drogas em Balneário Camboriú

Nesta segunda-feira, 7, por volta das 23h40, a Polícia Militar estava em rondas pela avenida Palestina, no bairro das Nações, em Balneário Camboriú, quando abordou um homem em atitude suspeita. O homem, de 19 anos de idade, tentou resistir aos comandos da guarnição. Em revista pessoal foram encontradas duas pedras de crack dentro da cueca. Ao ser questionado sobre possuir mais drogas o mesmo informou que na casa de seu pai, na rua Madagascar,...
Continuar lendo...

Adolescente está desaparecido desde o dia 5 de janeiro

O adolescente Gleison Ferraz Roos, de 16 anos de idade, está desaparecido desde o último dia 5 de janeiro. O comunicado foi feito pelo avô dele na Delegacia de Polícia Civil de Brusque nesta quinta-feira (10). De acordo com relato do avô, o menor sumiu durante a madrugada. Coincidentemente, o carro do homem também sumiu da residência, sendo alvo de furto segundo ele. Porém, o veículo foi localizado, mas o menor...
Continuar lendo...

PROCONs formam força-tarefa para apurar aumento excessivo

Os órgãos de defesa do consumidor vão identificar e encaminhar ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), com a máxima urgência, os dez casos de maior aumento na conta de luz de cada região do Estado. Eles irão aferir se os registros de consumo de energia elétrica lançados pela Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina) no mês de janeiro, correspondem ao consumo, de fato, das residências...
Continuar lendo...