Valor do novo salário mínimo nacional está aprovado

O salário mínimo nacional será de R$ 1.006,00 a partir de janeiro de 2019. O valor foi aprovado na quarta-feira (19) pelo Congresso Nacional, dentro do orçamento geral da União para o ano que vem, também avalizado pelos parlamentares. O governo federal prevê arrecadação na casa dos R$ 3,331 trilhões.

Em Santa Catarina, os valores do salário mínimo regional, que é dividido em quatro faixas, ainda não começou a ser discutido. A data para vigorar também é janeiro, mas este ano foi oficializado o acordo que definiu os reajustes apenas em março. Os valores são fruto de acordo feito entre as classes empresarial e laboral, através das Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e centrais sindicais.

O salário mínimo nacional é utilizado como parâmetro de ganhos mínimos, como o próprio nome já diz, par quem é funcionário, seja na esfera pública ou privada. O impacto maior é nas contas do governo, principalmente nos pagamentos de valores a pensionistas e aposentados de órgãos como o INSS.

Dúvidas ou Sugestões

Convivência entre pais e filhos foi tema de palestra na escola Angelo Dognini

Relacionamento de pais e filhos foi tema da palestra que abriu a assembleia de pais na Escola Angelo Dognin, no Planalto, em Brusque, na noite de ontem,  quinta-feira (28). Com presença de cerca de 120 pais ao longo de uma hora, dois psicólogos apresentaram dicas sobre como melhorar a convivência com os filhos, utilizando estratégias da psicologia. O psicólogo Fillipe Martinenghi explanou sobre estratégias comportamentais simples, porém...
Continuar lendo...

Brusque deve fechar o semestre com déficit de R$ 1 milhão

A diretoria do Brusque FC reuniu a imprensa na tarde desta quinta-feira (7) para apresentar o balanço financeiro do clube que será encaminhado aos patrocinadores e traçar as metas de consolidação do clube. O presidente Danilo Rezini fez a explanação geral, avaliando a consolidação da marca “Brusque FC” nestes anos que está à frente do clube e pregou a necessidade de profissionalização de todos...
Continuar lendo...

Câmara aprova divórcio imediato em casos de violência doméstica

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (27) um projeto de lei que permite à vítima de violência doméstica solicitar ao juiz a decretação imediata do divórcio ou do rompimento da união estável. A matéria segue para apreciação do Senado. O texto aprovado prevê a necessidade de a vítima ser informada sobre o direito de pedir imediatamente o divórcio e a possibilidade de o juizado...
Continuar lendo...