​​​​​​​Estiagem prolongada continua afetando toda a região

A estiagem prolongada em todos os municípios da região continua a afetar diretamente o abastecimento de água na cidade de Brusque, sobretudo nas localidades que não são atendidas pela Estação de Tratamento de Água (ETA) Central. Conforme o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) de Brusque, a maior parte dos sistemas isolados continuam sob intenso desabastecimento.

“A situação é realmente bastante preocupante. No sistema do Ribeirão do Mafra, estamos atuando com 15% da capacidade. No Zantão e Santa Luzia, estamos praticamente sem água, sem contar Volta Grande que está muito abaixo do nível”, ressalta o diretor da autarquia municipal, Roberto Bolognini. Para ele, é preciso a conscientização da população para a constante economia de água.

“Se a população das partes baixas utilizarem a água tratada com consciência, não vai faltar pra quem mora nas regiões mais elevadas. Atualmente, fazemos diversos manejos das redes para tentar abastecer esses locais mais periféricos. Se todos cuidarem, não irá faltar”, continua Bolognini.

Além de preservar o meio ambiente, racionar água garante também a economia na tarifa ao fim do mês. Confira algumas dicas: Verifique vazamentos em canos e não deixe torneiras pingando. Um gotejamento simples, pode gastar cerca de 45 litros de água por dia. Deixe pratos e talheres de molho antes de lavá-los.

Feche a torneira quando estiver escovando os dentes ou fazendo a barba. Só abra quando for usar. Uma torneira aberta por cinco minutos desperdiça 80 litros de água.

Evite lavar garagens e calçadas neste período. Uma mangueira aberta por 30 minutos libera cerca de 560 litros de água.

Não tome banhos demorados, cinco minutos são suficientes. Uma ducha durante 15 minutos consome 135 litros de água.

Antes de lavar pratos e panelas, limpe os restos de comida com uma escova ou esponja e jogue no lixo.

Dúvidas ou Sugestões