Presidente Celso Emydio faz balanço do ano no Legislativo

O presidente da Câmara de Vereadores de Brusque, Celso Emydio da Silva (DEM), reuniu a imprensa na tarde desta segunda-feira (3) para apresentar um balanço dos trabalhos desenvolvidos pelo Poder Legislativo municipal, referente ao ano de 2018. Os integrantes da mesa diretora da Câmara acompanharam a explanação das ações legislativas.

O presidente iniciou falando das funções constitucionais do legislativo municipal, citando que além de legislar, deve fiscalizar a atuação do Poder Executivo municipal. “Por aqui, tramitam projetos tanto de origem do Executivo como do Legislativo, e que de forma muito intensa se refletem no andamento da vida do município”, ressaltou.

Celso Emydio assumiu a presidência da Casa de Leis a partir de fevereiro deste ano e neste relato ele falou das ações nestes 11 meses de trabalhos legislativos. Foram 74 projetos analisados nas sessões plenárias, sendo 36 deles de origem da Prefeitura e 38 projetos apresentados pelos vereadores. 

Foram 17 projetos de lei complementares, sendo 14 deles apresentados pelo Executivo e três por parte do Legislativo. Foram produzidos ainda 15 projetos legislativos, 15 projetos de resolução, foram feitas 315 indicações dos vereadores ao prefeito, 105 pedidos de informação, 73 requerimentos, 172 moções, foram emitidas 34 portarias, protocolou cerca de 700 documentos no setor específico e expediu 895 ofícios. A Câmara de Vereadores realizou ainda neste período dez audiências públicas, foram feitas ainda 39 sessões ordinárias, quatro extraordinárias e outras quatro sessões solenes. 

O presidente falou ainda sobre o posicionamento da Câmara de Vereadores nestes dois anos da atual legislatura e comentou sobre o posicionamento adotado por seus pares e o amadurecimento desta casa que foi renovado, no sentido de que o objetivo primordial foi o bem estar social de todos, apoiando todas as atitudes e posicionamentos que facilitassem a vida do governo em prol da população.

“Isto para mim é motivo de muita alegria, ao ver que o colegiado atuou desta forma. Não se viu aqui casuísmos, picuinhas, brigas inúteis, mas sempre se falou de forma a defender os pontos de vistas, mas, se necessário, ceder no ponto de vista em prol do bem maior que é o bem de todos. Eu me sinto orgulhoso neste ponto de vista”, comentou o Dr. Celso Amydio. 

O presidente também ressaltou o trabalho desenvolvido pelo corpo funcional da Câmara de Vereadores de Brusque, citando que são funcionários extremamente dedicados, competentes, sendo quase a totalidade com nível superior, e que trabalha de forma motivada. “Gostaria de, neste final de mandato, deixar aqui meu reconhecimento a todos os funcionários, pelo desempenho, pela dedicação e por estarem perfilados com os vereadores, procurando resolver todos os problemas”.

Dúvidas ou Sugestões