"Nunca houve um convite para que participássemos de uma reunião"

O diretor de Turismo da Prefeitura de Brusque, Norberto Maestri, o Kito, rebateu as colocações feitas pelo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Fabricio Zen, de que a pasta estaria emperrando as tentativas de investimentos da iniciativa privada no setor. Mais ainda, de que a Secretaria de Turismo não tem feito nada pelo segmento no município.

A colocações de Zen foram feitas durante entrevista ao programa Rádio Revista Cidade, da Rádio Cidade, na última quarta-feira (28). Na edição do mesmo programa, mas nesta sexta-feira (30), Kito disse que o presidente da CDL nunca foi até a sede da secretaria ou fez contato para oferecer algum tipo de parceria ou apoio ao setor.

“Quero deixar bem claro: nunca houve um convite para que participássemos de uma reunião. Ou então que ele nos procurasse para que sentássemos e conversássemos sobre um projeto mais arrojado para a decoração da cidade”, frisou Kito.

Ele alega que teve uma conversa rápida na Praça Barão de Schnéeburg no período da Páscoa sobre o tema Natal.

Kito afirma que a secretaria de Turismo não está e nunca esteve fechada para nenhuma ação da iniciativa privada. Uma prova disso são as ações feitas entre a pasta e a Associação Empresarial (Acibr) no Festival Nacional da Cuca, entre outras.

“Ele citou, aqui, o Conventions Bureau. Talvez, ele não está sabendo, mas estamos sentando com o Conventions Bureau há algumas reuniões, discutindo o turismo de Brusque para desenvolver ações e envolver os empresários. Queira a nossa cidade ter os empresários se envolvendo no turismo, porque o (poder) público sozinho não consegue fazer turismo. Precisamos, sim, da participação do empresariado na questão de desenvolver o turismo em Brusque”, disse Kito.

Dúvidas ou Sugestões