Prefeitura vai executar novas regras de uso do pavilhão

A Prefeitura de Brusque mudou as regras para uso do espaço no Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, o Pavilhão da Fenarreco, e elas entrarão em vigor em 2019. Entre as novas medidas, definidas através de Decreto do prefeito de junho deste ano, está a cobrança de aluguel por dia de evento, ao contrário do que ocorre atualmente, com valor único, independente da duração do mesmo, bem como do terreno onde funciona estacionamento.

As informações foram confirmadas pelo diretor de Turismo, Norberto Maestri, o Kito, na sessão desta terça-feira (27) da Câmara de Vereadores. Segundo ele, o município acaba tendo prejuízos em muitos eventos por conta de danos ao patrimônio público e arca sozinho com todo custo de recuperação dos espaços, entre outros motivos.

"Não podemos continuar da forma que está, com o uso do pavilhão sem que quem promove evento pague por usar ele. Ele promove o evento, ganha em cima, usando um bem público e não quer pagar", destaca Kito.

O custo diário de uso do espaço será de R$ 2.500,00  nos pisos superior e inferior, e de R$ 1.000,00 para uso do estacionamento, seja ele externo ou interno.

"Quem faz o evento exige que mantenhamos o pavilhão com tudo em dia. Então, nós também temos que exigir das pessoas que usam que paguem por aquilo que está usando o pavilhão", prossegue.

A regra vale para os eventos que culminem em lucro aos organizadores. As ações que tenham caráter social, sem cobrança de acesso, ficam de fora.

"Qualquer um que for fazer um evento em qualquer cidade da vizinhança que tenha estrutura parecida vai pagar bem mais caro para uso do espaço. Tem lugares que a média de preço é de R$ 7.000,00 ou R$ 8.000,00, fora água e luz. Então, o nosso pavilhão tem um preço justo", ponta Kito, ao afirmar que foi feito estudo de merxado para deifnir os valores.

Dúvidas ou Sugestões

Empresários de Brusque querem construir hotel em Botuverá

Estiveram visitando Botuverá nesta semana o empresário Osmar Crespi e seu filho, Newton Patrício Crespi, o Cisso, proprietários do centro comercial FIP, de Brusque. A visita faz parte de uma ação que busca organizar um projeto de longo prazo para o desenvolvimento do turismo na região, mais propriamente envolvendo as cidades de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Nova Trento. A visita a Botuverá deu-se em função do...
Continuar lendo...

Vendedores ambulantes são presos por tentativa de estupro

A Polícia Militar de Camboriú prendeu dois homens na tarde desta quinta-feira, dia 29 de novembro, na Rua José Francisco Bernardes, após uma tentativa de estupro ocorrida no bairro Areias.  A guarnição foi acionada via Central Regional de Emergências (CRE) para atendimento de uma ocorrência na rua Mato Grosso, onde a vítima, menor de idade, relatou que dois homens, que vendiam aipim na rua com um carrinho de mão,...
Continuar lendo...

Homem é atropelado por carreta na rodovia

Às 8h35 desta quarta-feira (5), bombeiros foram deslocados até a Rodovia Pedro Merízio, na região de Pedras Grandes, em Botuverá, para atender a um atropelamento. No local, a guarnição encontrou a vítima, um homem de 27 anos, consciente, orientado, caído ao lado de uma carreta. De acordo com os bombeiros, a vítima apresentava suspeita de fratura e muitas dores coluna, além de suspeita de hemorragia interna. O homem...
Continuar lendo...