Vereadores aprovam novo fundo da PM e para a Civil

Mais uma etapa do processo de regularização e, também oficialização de repasse de recursos para forças da segurança pública em Brusque foi finalizada nesta terça-feira (9). A Câmara Municipal aprovou dois projetos que selam convênios com o governo do estado para serviços no setor, o que vai permitir a manutenção de fundos de apoio à Polícia Militar e, agora também, à Polícia Civil.

A autorização legislativa era a etapa que faltava para que os convênios fosses formalizados. O da PM estabelece convênio para serviço de patrulhamento ostensivo, u seja, nas ruas, utilizando-se de carros e motocicletas. A denominação visa assegurar que não haja nenhum tipo de empecilho que venha a ser questionado juridicamente.

“Se hoje Brusque está no patamar de excelência, e podemos afirmar sem medo tanto no cenário estadual quanto no nacional, é porque temos um aporte financeiro por parte da sociedade brusquense. Isso nos proporciona meios materiais e condições muito mais adequados para podemos fazer um policiamento adequado, qualificar mais nossa segurança pública”, destacou o comandante d PM de Brusque, tenente-coronel Otávio Manoel Ferreira Filho.

A votação foi acompanhada de perto por vários polícias civis e militares, além dos comandantes de cada corporação. Como o delegado regional Fernando de Faveri, que comemorou a aprovação do auxílio também à Civil.

“Acredito que seja para nós da Polícia Civil um dia histórico, considerando que era um órgão não contemplado por esses fundos. Enquanto os demais renovam estes fundos, nós o temos instituído. É um fundo de extrema relevância para a Polícia Civil”, frisou ele.

A votação foi unânime dos vereadores. A maioria discursou lembrando o papel importante que tinham os fundos de reequipamento da Polícia Militar e o dos bombeiros, extintos a partir de ação provocada pelo Ministério Público no início do ano.

Novamente adiado

Na mesma sessão, a Câmara adiou mais uma vez a análise em plenário do projeto que altera o estatuto do servidor no que diz respeito ao reembolso de valores gastos com medicamentos.

Na semana passada, a proposta, que tem origem executiva, também havia sido adiada. O motivo de não ter ido à votação na sessão de hoje é que uma reunião entre membros do governo e representantes dos servidores está agendada para os próximos dias para discutir o assunto.

Dúvidas ou Sugestões

Veículo capota após choque no Centro de Brusque

Nesta quarta-feira (25), por volta das 19h06 a guarnição dos Bombeiros ASU-430 e ABT-114 se deslocaram até a rodovia Antônio Heil, bairro centro, para atender um acidente de trânsito, uma colisão entre dois veículos,l seguido de capotamento. O primeiro veículo envolvido foi um Peugeot 207 SW, placas de Otacílio Costa, conduzido por um homem de 35 anos. O mesmo encontrava-se deambulando no local, consciente e orientado. Referia...
Continuar lendo...

Audiência pública sobre a Antônio Heil apresenta novidades

A audiência pública realizada na noite desta quinta-feira (16) na Câmara de Vereadores de Brusque apresentou algumas respostas para a questão da conclusão das obras de duplicação da rodovia Antônio Heil (SC-486). O evento, proposto pelo vereador Jean Pirola (PP) foi prestigiado por lideranças das prefeituras de Brusque e Itajaí, de associações de moradores e empresariais. O representante do Governo do Estado foi...
Continuar lendo...

PRF divulga primeiro balanço da Operação Festas de Outubro

O trabalho tem sido ostensivo por parte da Polícia Militar Rodoviária do Estado de Santa Catarina e da Polícia Rodoviária Federal durante a Operação Festas de Outubro, que iniciou na última quinta-feira (10) e prossegue até o dia 27 de outubro. Na operação deste ano o Estado conta com um reforço de 20 policiais vindos do Rio Grande do Sul. No sábado (12) ocorreram cinco prisões em flagrante por...
Continuar lendo...