Praticantes de airsoft simulam a Batalha de Ia Drang 

Neste sábado (22), os aficionados do airsoft comemoram a abertura do campo com a reprodução da Batalha de Ia Drang, na rua Ernesto Schroeder, bairro Limeira, a partir das 14h. Será a oportunidade de voltar no tempo e reviver as emoções de 14 de novembro de 1965, no Vale de Ia Drang, Vietnã do Sul. A organização é da Greenhawks Airsoft.

Neste dia, há 53 anos, tropas norte vietnamitas e guerrilhas Vietcongs fortemente posicionadas são localizadas. O comando de operações norte-americano vê a oportunidade de subjugar o inimigo. Dispondo de uma nova arma, o exército norte-americano se põe na ofensiva. Tropas do 7° Regimento de Cavalaria aerotransportada são lançadas contra o inimigo com auxílio de helicópteros UH-1 Iroquois.

A área de pouso conhecida como X-Ray se torna uma carnificina. 
Assim, tem início a Batalha de Ia Drang. Da mesma maneira que a Guerra Civil Espanhola foi considerada um ensaio  da II Guerra Mundial,  Ia Drang  foi, para ambos os lados,  laboratório  para desenvolvimento de  novas táticas, técnicas e armamentos que seriam utilizados ao longo dos próximos dez anos de conflito.

A selva Airsoft, organizado pela Green Hawks Airsoft, colocou como objetivo dos norte-americanos conquistar e manter a zona de pouso X-Ray por 30 minutos, após o tempo será sinalizado com fumaça que zona de pouso está segura e o ponto vira respawn avançado.

A segunda etapa desta batalha brusquense será conquistar as posições norte-vietnamitas por 30 minutos, após o tempo sinalizar com fumaça a área conquistada. O objetivo norte-vietnamita e Viet Cong será defender a zona de pouso X-Ray e as posições na mata. Os norte-vietnamitas e guerrilhas Viet Congs começam posicionados na mata. Os norte-americanos poderão ter de lidar com as temíveis armadilhas Viet Cong escondidas na mata.
 

Dúvidas ou Sugestões