Dinheiro é levado em assalto

Na cidade de Tijucas na sexta-feira (14) início da noite por volta das 19h30 um casal foi assaltado no bairro Areias por dois homens. Conforme relato das vítimas os assaltantes invadiram a residência e imobilizaram o casal exigindo dinheiro.

Após a entrega de R$ 11,5 mil em dinheiro, mais carteira com documentos, celular e o veículo VW/Gol os assaltantes fugiram. Na residência existem câmeras de monitoramento, e ao tentar identificar os marginais a PM não obteve êxito pois os elementos chegaram na residência de guarda-chuva o que impossibilitou a identificação dos mesmos.

Ainda no período da noite a PM em rondas conseguiu localizar o veículo VW/Gol em Porto Belo. No interior do carro a PM encontrou a carteira com os documentos pessoais da vítima e o celular.

 

 

 

Dúvidas ou Sugestões

Em nota, familiares atualizam o estado de saúde de Ciro Roza

Na tarde desta quarta-feira (25), através de nota, os familiares do ex-prefeito de Brusque, Ciro Roza, atualizaram o estado de saúde dele após um acidente de trânsito no Pará, dia 31 de agosto. Conforme a nota ela está em recuperação gradativa e satisfatória. Diante deste quadro positivo, os médicos afirmaram que Ciro receberá alta no próximo final de semana, e desta forma seu retorno à Brusque...
Continuar lendo...

Dois bares são interditados na cidade por estarem irregulares

A Polícia Civil, por intermédio do Setor de Jogos e Diversões da 17° Delegacia Regional de Brusque, realizou na tarde desta quinta-feira (25), fiscalização de bares irregulares no município, interditando dois estabelecimentos comerciais, um deles no bairro Santa Terezinha e outro no bairro Limeira. Os bares, previamente notificados, não compareceram na Polícia Civil para a devida regularização, o que ocasionou sua...
Continuar lendo...

Primeiro caso de Febre Amarela em SC reforça o alerta para vacinação

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) de Santa Catarina confirmou nesta quinta-feira (28) o primeiro caso de Febre Amarela em Santa Catarina. O caso foi registrado em Joinville e o paciente morreu em 12 março. Após os exames na Fundação Osvaldo Cruz do Paraná, foi constatado que a causa da morte foi o vírus da doença. Em Santa Catarina, a vacina contra a doença passou a ser obrigatória em novembro do ano...
Continuar lendo...