Núcleos de Contábeis se reúne com direção da Jucesc

Na manhã de quarta-feira (15), o presidente da Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (Jucesc), Gerson Antonio Basso, acompanhado do vice-presidente, Paulo Roberto da Rosa, participaram da reunião do Núcleo de Empresas Contábeis da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr). O encontro contou com a presença do presidente da entidade, Halisson Habitztreuter e nucleados, que na oportunidade conheceram melhor o processo de digitalização que está sendo implantado na Junta, bem como esclareceram dúvidas, apresentaram demandas e fortaleceram as relações entre a entidade brusquense e o órgão do Governo do Estado.

Em relação à ‘Jucesc Digital’, o presidente da Junta esclareceu que o programa tem como objetivo realizar a tramitação totalmente digital de processos, eliminando as etapas de protocolo, distribuição, expedição e guarda física de documentos nos processos de Registro Mercantil. Atualmente a Junta está em fase de implantação desse sistema, o que, em Florianópolis, deve ser finalizado até dezembro deste ano. Da mesma forma, os demais 58 escritórios regionais da Jucesc no estado, entre eles o de Brusque, posteriormente também deverão ser adaptados ao novo procedimento digital.  “A Junta Digital vem para ajudar colaboradores, empresários e quem atua no setor contábil. Acabando com o papel teremos menor custo com arquivos, além de preservarmos o meio ambiente, e demais benefícios. Brusque ainda levará mais algum tempo para ser totalmente digital, já que é algo que vai ser feito ao poucos, para eliminarmos o uso do papel”, esclareceu Basso.

Simplificação

Outro assunto discutido ao longo do encontro foi sobre o projeto piloto do Bem Mais Simples, referente à Lei Estadual nº 17.071, de 2017, que atualmente está em funcionamento na cidade de Jaraguá do Sul e será ampliado para diversos municípios de Santa Catarina.

 “É um projeto que vai ajudar muito a vida do empresário, já que ele não vai precisar ir até a Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, por exemplo. Será tudo de forma digital, o próprio sistema vai fornecer a certidão, sendo que o empresário precisará somente ir à prefeitura para retirar a viabilidade”, comentou.

Dúvidas ou Sugestões