Prefeitura entrega uma das maiores obras de macrodrenagem do ano

A cada chuva que caía, toda a população que vive nas ruas  Ângelo Tomazi, Luiz Mafezzolli e Alberto Muller - no bairro Limeira - passava por momentos de medo e tensão. Bastava uma precipitação mais intensa para que diversas residências fossem atingidas pelas águas pluviais que enchiam o ribeirão Limeira, sem ter pra onde escoar. As marcas de água nas paredes das casas continuam. Móveis, utensílios, diversos moradores perderam. 
 
Porém, graças a uma das mais relevantes obras de macrodrenagem realizadas pela Prefeitura de Brusque entre o fim de 2017 e transcorrer de 2018, essa situação mudou. “A gente está satisfeito. Antes, se tivesse uma enxurrada, transbordava o rio e a tubulação não comportava. Agora foi feito a troca e a gente espera que resolva o problema. Já passamos por várias enchentes aqui. Estourava muro, atingia nossas casas. Já perdemos muitas coisas”, afirma Adriano Ramos, um dos moradores da localidade.
 
Conforme o diretor geral da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, Nik Imhof, foram diversas as dificuldades estruturais e de solo superadas para que a importante realização fosse entregue à comunidade. Na extensão de aproximadamente 500 metros foram implantadas novas galerias subterrâneas, tubulações de maior diâmetro, além de um trecho com galerias abertas em forma de “U”, proporcionando uma maior vazão em dias de chuva.
 
“A gente não conseguia muitas vezes aplicar o enrocamento, passamos por várias dificuldades, mas com um trabalho cuidadoso, conseguimos fazer toda a parte de colocação de rochas na vala fluvial, instalação das galerias, a parte da macrodrenagem, desassoreamento da vala e tudo o mais. Foi um dos trabalhos mais difíceis da Secretaria de Obras, 
 
Outro morador que aprovou a obra da Prefeitura de Brusque foi Jean Carlo Amorim. Segundo ele, a intervenção do governo municipal na localidade tende a suprir a demanda da população para os próximos anos. “Eu creio que vai resolver o problema. Aquela preocupação que o pessoal tinha não vai existir mais”, frisa. 
 
Da mesma forma, o residente do bairro Marcos Aurélio Reis também já perdeu móveis e teve a estrutura da sua casa danificada em chuvas ocorridas nos últimos anos. Hoje, ele comemora a entrega da importante obra de macrodrenagem naquela região. “Foi muita luta e agora esperamos que nas próximas chuvas de verão nada de ruim aconteça”, finaliza.
Dúvidas ou Sugestões

Presos suspeitos de atearem fogo em idoso para roubar carro

O idoso que teve o corpo queimado por assaltantes morreu na madrugada desta quarta-feira, 2, no hospital de Curitibanos. A vítima, Valmor da Silva, de 62 anos, teve o carro roubado por três bandidos, os quais foram presos em flagrante na cidade de Lebon Régis. O crime iniciou na Serra da Santa, na BR-470, em Pouso Redondo, onde Valmor foi abordado pelos criminosos. Eles conduziram o veículo até o interior de Curitibanos, onde atearam fogo no corpo da...
Continuar lendo...

Construtora criada de forma fraudulenta é proibida de participar de licitações

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) obteve medida liminar para proibir a empresa Figueiredo Silva Engenharia e Construção Eireli de participar de licitações e firmar contratos com o Poder Público. A decisão judicial não afeta obras em andamento. A liminar foi requerida pela 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Brusque em ação civil pública pela prática de ato lesivo contra a...
Continuar lendo...

Carro bate contra poste na rodovia de acesso a Brusque

Um veículo Gol, placas  de Brusque, bateu contra um poste de energia elétrica na madrugada deste domingo (11) em Brusque. O fato aconteceu por volta de 2h30 da manhã, na Rodovia Ivo Silveira, Bairro Batêas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrència, o motorista, de 20 anos de idade, teve ferimentos leves, apesar da colisão forte. Ele foi encontrado consciente e levado ao pronto socorro do hospital. Outra colisão...
Continuar lendo...