"O mais importante é ter uma equipe capacitada"

Com passagem por grandes empresas multinacionais na área de gestão e, atualmente, atuando como consultor e docente em mais de uma universidade pelo país, o professor-doutor Armando Terribilli Filho foi o palestrante em mais uma edição, a 19ª, do Almoço de Ideias da Associação Empresarial de Brusque (Acibr). Evento realizado nesta quinta-feira (9) na Sociedade Esportiva Bandeirante (SEB).

Sob o tema ‘O impacto da gestão de projetos para competitividade organizacional’, ele falou a um público de mais de cem pessoas, entre empresários, políticos e autoridades de diversos segmentos. O foco esteve em se saber quais caminhos para atingir a eficiência em um processo de organização coorporativa.

“Em primeiro lugar, você precisa ter claros quais são teus processos. Os processos devem ser padronizados, porque trazem qualidade, padronização, benefícios quanto a própria produtividade. Nos projetos você tem que ter critérios claros sobre quais vai selecionar. Nem sempre temos recursos para escolher todos os projetos. E o mais importante: ter uma equipe capacitada”, destacou ele.

Terribilli disse à Rádio Cidade que a filosofia de gestão eficiente pode ser aplicada tanto na iniciativa privada quanto na pública, embora a segunda tenha algumas particularidades.

“Sou professor de cursos de pós-graduação e percebo que se tenho em uma sala 40 alunos, provavelmente 38, 39 ou até 40 são da administração privada. Então, cabe à administração pública, também, rever os critérios de investimento na capacitação dos profissionais. Esse é um momento que vivemos a proximidade de eleições e penso que o gestor público tem que investir muito na capacitação de seus funcionários”.

O presidente da Acibr, Halisson Habitzreuter, frisou que a proposta do Almoço de Ideias tem surtido efeito, que é a de trazer temas de interesse da classe empresarial, sob a visão de especialistas no assunto. São assuntos  apresentados de forma rápida, mas com foco nas necessidade e na vivência empresarial.

“Sempre somos muito cobrados pelos nosso associados na questão da qualidade e isso temos atingido. (...) Estamos vendo que a questão da gestão tem impactado cada vez mais no dia a dia das empresas. Não existe mais quilo que se dizia antigamente, de que a empresa se toca sozinha. Isso não condiz mais com a realidade nossa dos dias atuais. A administração tem que ser dinâmica e a gestão tem que estar adaptada com ela”, frisou.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões