Mãe acusa professor de bullying contra aluno após falta

Uma mulher esteve na Delegacia de Polícia junto de seu filho, de 12 anos, para relatar que no dia 9 de maio a criança foi alvo de bullying por parte de um professor. O fato aconteceu após o aluno entregar um atestado de saúde por conta de um tratamento médico realizado em outra cidade no dia que uma prova foi aplicada na sala de aula.

Segundo o boletim registrado na última semana, o menino alegou ter sido constrangido e humilhado em frente aos colegas de sala. Ao entregar o atestado relacionado ao dia que faltou à aula e uma prova havia sido aplicada naquele dia, o professor quis aplicar o teste naquele instante, sendo que enquanto o aluno praticaria o teste, os colegas de sala teriam conteúdo novo.

A criança pediu para que a prova acontecesse outro dia, justamente para que não perdesse o novo conteúdo, o que também prejudicaria na sequência do aprendizado. Então, de acordo com a criança em relato na Delegacia, o professor chamou o garoto de “bundão”, e também pediu para que ele olhasse para os colegas de classe e proferisse a frase “eu sou um bundão”.

De acordo com a criança, o professor já teria o costume de apelidar os alunos. A mãe da criança afirmou ter ido até a escola no dia seguinte ao fato, e alega que a coordenação da escola protegeu o professor, não tomou nenhuma atitude sobre o acontecido e ainda teriam ameaçado de chamar a polícia.

Contraponto da Secretaria de Educação

A Rádio Cidade procurou a Secretaria de Educação para falar sobre o assunto, já que o caso aconteceu em uma escola da rede municipal de ensino. De acordo com a secretária Eliani Aparecida Busnardo Buemo, o fato foi informado pela direção da escola, e na última quinta-feira (17) um encontro com todas as partes envolvidas aconteceu.

Da parte da secretaria, Eliani afirma que daquela reunião ficou entendido que o fato já tinha recebido um ponto final. E a informação de que a mãe desse aluno registrou um boletim de ocorrência foi recebida com surpresa pela equipe da Educação.

A secretária alegou que houve uma interpretação errada da declaração do professor em sala, inclusive a manutenção da formalidade, da seriedade é reforçada com os professores e as escolas, sem ser algo sisudo, mas sim tratando o ambiente escolar como um local de aprendizado, onde ao final do dia todos possam sair melhores pessoas do que entraram. O professor envolvido no caso realizou diversos pedidos de desculpas ao aluno e também recebeu uma advertência pelo fato por parte da direção da escola.

Com relação ao boletim de ocorrência após o encontro na Secretaria de Educação, Eliani acredita que o fato já foge ao âmbito da pasta. Se o delegado responsável pelo caso decidir abrir um inquérito, as partes envolvidas irão responder ao fato na Polícia Civil. Porém, ela reforça que no entendimento da equipe da Educação, o incidente foi resolvido no encontro anterior ao registro do caso na Delegacia.

Dúvidas ou Sugestões

Ex professor de Brusque morre em acidente na capital

Um grave acidente de transito na manhã deste sábado (01), na região de Florianópolis, causou a morte de duas pessoas e deixou uma gravemente ferida.  A colisão ocorreu por volta das 05h30, no Km 33,5 da via Expressa Sul. Segundo a  PMRv os três estavam num veiculo VW Golf com placas de Florianópolis, em direção ao Sul da Ilha, quando o motorista perdeu o controle do veículo, saiu da pista, e em seguida veio a...
Continuar lendo...

Brusque volta da Capital com ponto precioso na bagagem

O Brusque Futebol Clube enfrentou o Avaí na tarde deste domingo (17), no estádio da Ressacada, em Florianópolis, garantindo um empate sem gols. O jogo foi muito complicado pelas condições do gramado que foi muito castigado pelas chuvas. Os próprios jogadores reclamaram muito, tendo em vista que a qualidade da partida ficou comprometida. Primeiro tempo A partida foi equilibrada na primeira etapa, até por conta do gramado que dificultou o...
Continuar lendo...

Troca de tiros entre PM e traficante em Tijucas

Começo da tarde desta segunda-feira (01) por volta das 12h05 uma guarnição da PM de Tijucas em rondas pela cidade flagraram o exato momento em que um homem traficava drogas, e entregava o produto ao motorista de um veículo Corsa. Com a aproximação da viatura policial o homem se escondeu em um beco. Os agentes foram atrás do suspeito sendo então disparados tiros contra a guarnição, a partir daí iniciou-se a...
Continuar lendo...