Prefeitura de Guabiruba e empresa avaliam primeiros dias de trabalho na água

Na manhã desta segunda-feira (16), a Prefeitura de Guabiruba e a empresa Atlantis concederam uma coletiva de imprensa para falar sobre os 11 dias de atuação na gestão e tratamento da água no município e a forma com que encontraram toda a rede. Além disso, investimentos de R$ 210 mil na melhoria do sistema foram anunciados.

Segundo o prefeito Matias Kohler, apesar da precariedade em que o sistema foi encontrado, ele continua operando sem maiores problemas. E ao longo dos últimos dias, a empresa fez a identificação de necessidades emergenciais. Diante disso, alguns investimentos serão realizados.

O principal, no valor de R$ 80 mil, será para a aquisição de uma bomba reserva, garantindo assistência em eventualidades. Além disso, o restante do valor será investido em ações pontuais para que o produto que chega à casa da população seja de maior qualidade.

Outro aspecto que foi tratado nos primeiros dias é a perda de água. Após uma varredura nos 84 km de rede de distribuição, foi aferido um percentual próximo dos 40% da perda do volume de água tratada. E isso será aprofundado e tratado com uma varredura na busca por vazamentos ocultos no sistema.

Kohler também fez a orientação para que a comunidade pague a fatura emitida pela Casan, apesar da leitura de muitos hidrômetros ser feita dois dias após a Prefeitura assumir o serviço. Essa situação já foi comunicada à justiça, e o que for pago além do direito da Casan será questionado.

O engenheiro químico da Atlantis, Fabrício Rodrigues de Oliveira, pediu para que a população de Guabiruba comunique eventuais problemas na rede, principalmente com detalhes da localização do problema. Com essas informações, o canal de atendimento fica mais ágil e a resolução também.

Além disso, a empresa programa para nas próximas semanas realizar uma interrupção no fornecimento de água por um dia. Essa situação acontecerá para que todo o material filtrante seja retirado da rede, e um novo material seja colocado, garantindo uma segurança maior na qualidade da água e também um ganho na produção.

A data em que o serviço irá acontecer ainda será comunicada com antecedência, e se tratará de uma ação pontual. Justamente a passagem por esse novo material filtrante para que vários fatores problemáticos na água em Guabiruba sejam controlados.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões