Boa vontade termina com prejuízo para mulher

Uma mulher de 62 anos foi vítima de estelionato durante a tarde de terça-feira (13), quando foi abordada por uma mulher que supostamente pedia ajuda na rua Pastor Sandrescky, no Centro. De acordo com o registro, a vítima estava voltando da Prefeitura a pé, quando essa mulher pediu ajuda perguntando por uma loja de nome desconhecido no registro.

Então, um homem apareceu e quis ajudar a mulher. Não sabendo explicar o porquê, a vítima aceitou ajudar e entrou em um veículo prata com as outras duas pessoas, e foram até sua residência, pois os autores do estelionato perguntaram se ela estava com seu cartão, e ela avisou que estava em casa.

Sem saber explicar, ela também entregou o cartão aos autores, que ao mesmo tempo estavam em uma ligação com uma terceira pessoa, onde eles o identificavam como gerente da Caixa. Então esse suposto gerente pediu o número do RG da vítima, e ela também entregou. A vítima não sabia explicar os motivos, pois os autores falavam muitas coisas que a confundia.

Logo após, eles foram até a agência do bairro Santa Rita do Banco do Brasil, onde o homem entrou no local, enquanto ela e a mulher que precisava da ajuda ficaram no carro. Ao retornar, o estelionatário avisou que ficaria com o cartão e o celular da vítima como forma de garantia. Então, ela foi deixada em casa pelos golpistas, com a promessa de retornarem no outro dia para devolver os documentos e um suposto prêmio pela ajuda à mulher.

A vítima registrou a ocorrência como forma de precaução, pois os golpistas não retornaram e ela teme que eles possam abrir outras contas ou realizar compras com o cartão.

Dúvidas ou Sugestões