Equipamentos eletrônicos levados de associação

Um homem de 70 anos esteve na Delegacia de Polícia para relatar que a associação Seicho No Ie de Brusque, da qual é o responsável, foi alvo de furto entre a noite de domingo (11) e manhã de segunda-feira (12). Ao abrir a sala onde a instituição está localizada, ele percebeu que alguns equipamentos foram levados por ladrões.

Furtaram um notebook da marca Samsung, uma mesa de som pequena, um microfone sem fio e R$ 95. O responsável pela ação invadiu o local quebrando o vidro de uma das portas. Ele não tem suspeitas de quem possa ter praticado tal crime, já que o local não possui câmeras de vigilância em seu interior.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso

Prefeitura e moradores constroem calçadas na rua Guabiruba Sul

A parceria entre a Prefeitura de Guabiruba e os moradores está resultando na construção de calçadas na rua Guabiruba Sul, entre a via Edmundo Schlindwein e a rótula com a localidade Planície Alta. Os proprietários dos terrenos e residências compram o paver e a prefeitura paga a mão de obra e parte do meio-fio. Aproximadamente 250m foram executados e outros 350m já foram negociados com os moradores e serão feitos na...
Continuar lendo...

Governo do Estado tem 30 dias para retomar repasses aos Municípios

O Governo do Estado tem 30 dias para retomar o pagamento e para apresentar um cronograma de repasse dos valores atrasados aos municípios catarinenses. Os valores destinam-se ao custeio de programas de saúde pública e incentivo financeiro de R$ 0,30 por habitante estabelecido pela Lei Estadual n. 16.159/13. O total dos valores devidos, até a propositura das ações, era de mais de R$ 170 milhões. Decisões liminares em sete...
Continuar lendo...

Projeto proíbe álcool e som nas vias públicas e praças de Brusque

A Câmara Municipal de Brusque colocou em análise e votação nesta terça-feira (13) projeto de lei que proíbe a utilização de som em eventos e o consumo de bebidas alcoólicas nas praças e logradouros públicos de Brusque. A autoria é do vereador Deivis da Silva (MDB). O projeto recebeu quatro emendas, mas teve a votação adiada diante do impasse que dividiu vereadores dentro dos próprios blocos...
Continuar lendo...