Imagens de superlotação de ônibus universitário passam por averiguação

Mais uma vez acadêmicos procuraram a reportagem da Rádio Cidade relatando que alguns horários de ônibus foram retirados, principalmente para os que utilizam o transporte cedido pela Prefeitura de Brusque para ir à Univali de Itajaí e Balneário Camboriú. Inclusive na segunda-feira (20), os veículos vieram superlotados.

No retorno do período matutino, segundo os alunos, um ônibus foi retirado, bem como no período vespertino, um dos ônibus que retornava às 17h30 para Brusque também foi retirado. Com isso, no começo desta semana, muitos acadêmicos precisaram fazer a viagem em pé no ônibus que estava cheio.

Em comunicado, a Prefeitura de Brusque afirmou que “No dia 3 de outubro, os alunos fizeram um vídeo da mesma forma e comprovamos que houve 'armação' por parte dos alunos para 'montar' a situação, eles dispensaram um ônibus com vários lugares livres e encheram o próximo para criar uma situação inexistente. Fizemos uma investigação junto aos motoristas e alunos, e comprovamos a 'montagem' praticada por alguns alunos para chamar a atenção”.

A reportagem da Rádio Cidade também conversou com o coordenador do transporte universitário da Prefeitura de Brusque, Marcelo da Silva. Segundo ele, a retirada e alguns ônibus do transporte universitário aconteceu porque muitos acadêmicos não assinaram a lista de utilização do ônibus, registrando então uma queda na demanda pelo transporte.

Porém, uma conversa já foi realizada entre a coordenação do transporte universitário e representantes dos acadêmicos que utilizam o serviço. Esses acadêmicos se comprometeram a pedir a colaboração de todos para a assinatura da lista, evitando que os carros sejam retirados.

A lista é repassada sempre na entrada do ônibus e os acadêmicos precisam assinar para que o controle da demanda seja realizado. Marcelo salienta que é através dessa listagem que o número de veículos disponibilizados é calculado. Atualmente são 1.323 acadêmicos que utilizam o transporte, sendo 822 para a Univali e 501 para a FURB.

Secretário de Governo e Gestão Estratégica, Willian Molina salientou que o transporte universitário é feito com dinheiro público: “O valor investido no pagamento do transporte universitário é dinheiro público, sendo nosso dever zelar pelo controle, uso adequado e legalidade dos processos. A logística proposta pela Prefeitura em acordo com a empresa prestadora do transporte, atende perfeitamente as necessidades do transporte universitário, desde que os alunos façam a sua parte”.

Dúvidas ou Sugestões

PM atende quatro ocorrências de violência doméstica

A Polícia Militar de Brusque atendeu nas últimas 24 horas pelo menos quatro ocorrências de violência doméstica. A primeira foi neste domingo (17), por voltas das 16h59min, a Polícia Militar foi acionada para atender uma briga entre casal, ocorrida no bairro Santa Luzia. No local, a guarnição conversou com a vítima que informou que seu ex-marido apareceu em sua residência e começou a provocar seu atual companheiro. Que...
Continuar lendo...

Idoso é preso como suspeito de abusar de adolescente em ônibus

Na noite sexta-feira (4), na BR 470 em Rio do Sul, policiais rodoviários federais prenderam um homem de 65 anos que teria abusado de uma adolescente de 13 anos dentro de um ônibus. Durante a viagem, a menina foi chamada pelo passageiro que estava atrás de sua poltrona. Por se tratar de uma pessoa idosa, ela achou que ele precisava de ajuda e sentou ao seu lado. Nesse momento, o homem teria apalpado a perna dela e perguntado se ela não queria ser sua...
Continuar lendo...

Secretário solicita que Polícia Militar faça abordagem no Albergue Municipal

A pedido da Secretaria de Assistência e Habitação, policiais do 18º Batalhão de Polícia Militar de Brusque estiveram na última quarta-feira (20) fazendo uma abordagem dentro do Albergue Municipal, localizado no morro da Caixa D'Água. Conforme comenta o secretário de Assistência Social e Habitação de Brusque, Deivis Junior, a operação da PM é um apoio à triagem que já...
Continuar lendo...