Após assaltar taxista e fugir em direção a Brusque, assaltante é morto

Na madrugada de domingo (13), uma ocorrência de assalto a taxista na cidade de Balneário Camboriú teve a fuga do ladrão ocorrendo pela rodovia Antônio Heil, passando por Brusque e terminando com a morte do ladrão na cidade de Camboriú. Rogério da Conceição Cassemiro, de 37 anos, levou três tiros no peito enquanto tentava fugir da Polícia Militar.

Segundo a PM, Rogério e outro homem pegaram um táxi na avenida Brasil, em Balneário Camboriú por volta de 0h30 de domingo, e queriam ir a um bailão em Camboriú. Perto do destino, o parceiro de Rogério anunciou o assalto e fizeram o taxista dirigir até Brusque sob a ameaça de uma faca.

Em Brusque, eles arrancaram o rádio do táxi, e resolveram voltar para Balneário Camboriú, onde furtariam objetos de maior valor do apartamento do taxista. Porém, ao bater em um cone, um dos pneus dianteiros do táxi furou. E a PM de Itajaí avistou o veículo andando com o pneu furado no bairro Limoeiro, dando ordem de parada, e os bandidos impediram o taxista de estacionar o veículo.

Na estrada geral do Rio do Meio, o PPT montou uma barreira e obrigou os assaltantes a fugir em direção ao mato. Rogério estava dentro de uma vala, e ao apontar para os policiais, eles revidaram com quatro tiros, acertando três no peito do ladrão. O Samu foi acionado, mas Rogério faleceu na beira da estrada.

O taxista ficou durante todo esse tempo dentro do táxi, e não se feriu. Rogério era natural de São Paulo, e foi preso em junho de 2015 durante uma operação da Polícia Militar de Brusque, na rua Bulcão Viana. Na oportunidade, foragido de uma penitenciária de Florianópolis.  

Dúvidas ou Sugestões