Perturbação do sossego alheio tem 9 registros em Brusque

Gritos, algazarras, equipamento de som ligado em volume alto ou até mesmo animais que fazem barulho. Todas essas situações podem levar ao crime conhecido como "perturbação do sossego" e, consequentemente, render prisão de 15 dias a três meses ou multa. Mesmo assim os números de registros feitos pela população continuam altos.

Entre sexta-feira (04), sábado (05) e madrugada deste domingo (06) foram feitos 9 boletins de ocorrência em Brusque. Na sexta-feira, foram cinco registros, sábado, um registro, e domingo três. Dados indicam que a maior parte dos casos de perturbação do sossego alheio são registrados na cidade entre estes três dias da semana, sexta, sábado, e domingo.

É importante ser registrado que outros órgãos públicos também têm suas responsabilidades em relação aos casos de perturbação do sossego, especialmente à prefeitura municipal em fiscalizar eventos promovidos na cidade, bem como estabelecimentos comerciais instalados no município, pois é ela que concede alvarás de funcionamento e estipula as condições de cada estabelecimento, como horário e finalidade, podendo cassar estes alvarás, interditar estabelecimentos, bem como suspender eventos que ocasionem a “perturbação do sossego”.

Dúvidas ou Sugestões