Menina de dez anos escapa de suposta tentativa de estupro, no Bateas

Uma mulher de 38 anos de idade procurou o plantão da delegacia de Polícia, nesta sexta-feira (24), para relatar uma suposta tentativa de estupro sofrida por sua filha, de dez anos de idade. O fato teria ocorrido por volta de 8h30, nas proximidades da Escola de Ensino Fundamental Padre Theodoro Becker, localizada no bairro Bateas.

Segundo relatos da mãe, dois homens que estavam em um veículo Pálio Weekend de cor bordô tentaram abordar a menina, sendo que um deles estava no banco traseiro e chegou a correr atrás da menina enquanto o motorista dirigia. Assustada, a garota gritou e correu para dentro do estabelecimento de ensino, assustando os dois homens.

Ela descreveu os supostos autores como sendo morenos claros, um de estatura alta e outro um pouco mais baixo, aparentando cerca de 30 anos de idade. Um dos homens chegou a mostrar seu órgão genital para a vítima. A direção da escola foi informada do ocorrido e, segundo a mãe da menina, a Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu localizar os suspeitos.

A mãe sugere que a comunidade possa se unir e tomar providências antes que o pior aconteça. Ela contou que sua filha estuda no período da tarde, mas que duas vezes por semana faz reforço escolar no período matutino e nesta sexta-feira seguia para a escola quando o fato ocorreu.

A mulher disse que foi informada pela direção da escola que esta foi a terceira ocorrência desta natureza, apenas nessa semana. Uma funcionária e outras duas alunas também sofreram tentativas de abordagem, mas o suspeito estava sozinho e o veículo utilizado não era o mesmo. “Eu estou trabalhando e agora ela tem que ir sozinha para aula. Como é que vai ficar”, questiona a mãe que foi orientada a registrar a ocorrência na delegacia especializada para que sejam tomadas as providências necessárias. 

Dúvidas ou Sugestões