Secretária realiza abordagem social com moradores em situação de rua

A prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, com a equipe técnica do Centro Especializado de Assistência Social (CREAS) vem realizando o trabalho de abordagem social com os moradores em situação de rua, o objetivo da ação é que eles tenham meios de sair dessa condição, se desejarem. 

O trabalho é realizado seguindo várias diretrizes técnicas da assistência social, da psicologia, do direito, da saúde, entre outros, já que há muitas questões que envolvem a abordagem. O número dos moradores em situação de rua em Brusque varia, como por exemplo neste período de verão, que muitos estão no litoral.

A secretária de Assistência Social e Habitação, Mariana Martins da Silva, destacou que a prefeitura vem tomando as medidas necessárias em relação aos moradores em situação de rua. “Nós temos uma equipe que está em ação, reconhecendo a realidade social das pessoas em situação de rua, até para chegar em um consenso entre o que a sociedade espera e o serviço que a prefeitura tem a prestar,” disse. 

Mariana falou ainda do processo conjunto entre prefeitura e entidades para que se encontre alternativas. “Nós temos procurado atender essas pessoas, estamos no início da criação de um comitê que vai envolver outras entidades da cidade, porque é um problema social. Nós temos que dividir as preocupações e buscar as soluções em um contexto geral, com a participação de outras pessoas e entidades,” disse. 

A abordagem social

A equipe do Creas vem realizando a abordagem social em dois dias pela manhã, das 8h às 12h, e um dia no período da tarde, das 12h às 18h. Eles atuam em diversos pontos da cidade. Ela ocorre para que os moradores de rua possam mudar de condição, caso queiram, já que a legislação diz que todo cidadão tem o direito de ir e vir. Dessa forma, os moradores em situação de rua só podem ser retirados caso ofereçam algum risco, segundo a legislação. 

 

Dúvidas ou Sugestões

Moradores pedem tubulação para evitar alagamentos

Moradores das ruas Henrique e Paulo Knihs, no bairro Águas Claras, entraram em contato com a Rádio Cidade para pedir providências na situação das duas ruas, que se interligam. O problema, de acordo com os moradores está nas enxurradas que acontecem, e que podem inclusive causar uma tragédia. O fato é resumido pelo morador Vander Knihs, já que a água é tanta em alguns momentos que alguns muros estão...
Continuar lendo...

Debates sobre reforma da Previdência devem ser encerrados nesta terça-feira

Os debates em torno da reforma da Previdência, na Comissão Especial da Câmara que analisa a matéria, deverão ser encerrados amanhã (2). A previsão do presidente da comissão, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), é de que a votação do substitutivo apresentado pelo relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA), comece na quarta-feira (3) e termine no dia seguinte. Marun quer que todos os inscritos para discutir a matéria se...
Continuar lendo...

Dupla é presa por furto de vários objetos de cemitérios da região

A Polícia Militar de Gaspar conseguiu prender ontem, quinta-feira (9) dois suspeitos por envolvimento em vários furtos  praticados em cemitérios da região. A prisão dos suspeitos aconteceu no período da tarde após perseguição na BR-470 quando empreenderam fuga sentido Navegantes. No porta-malas do veículo foram encontradas várias placas, cruzes e vários adornos religiosos de túmulos de alguns...
Continuar lendo...