PM chama 70 policiais para reforçar segurança após problemas em Itajaí

Com a noite de terça-feira (11) movimentada na segurança pública entre Itajaí e Balneário Camboriú, onde uma série de protestos e até mesmo problemas na região do presídio da Canhanduba, em Itajaí, a Polícia Militar reforçou o efetivo para a noite de quarta (12) para quinta-feira (13).

São 70 policiais chamados para atuar junto do efetivo já escalado normalmente para a região das duas cidades. Desses, 54 estariam de folga neste período, enquanto o restante vem da capital do Estado. A principal atuação será nos bairros considerados mais perigosos das cidades da região, principalmente no litoral.

O objetivo da ação é evitar que os criminosos convivam socialmente em lugares que tradicionalmente se escondem. Nenhum dos municípios da região teve diminuição no efetivo por conta da chamada extra para esta noite. Após as ações, uma reunião está programada para a tarde de quinta-feira, onde a necessidade da continuação do reforço será avaliada.

Os primeiros resultados já aconteceram por volta das 19h, quando uma guarnição do PPT encontrou cinco suspeitos de serem membros do PGC (Primeiro Grupo Catarinense) em reunião no bairro Meia-Praia. Ao avistar os policiais, os bandidos abriram fogo contra a viatura, que respondeu, e acabou acertando quatro deles, que acabaram morrendo.

O quinto membro do grupo foi preso pelos policiais, que não se feriram na ação. Quatro armas de fogo foram apreendidas, além de três coletes balísticos. 

Dúvidas ou Sugestões