Conheça as funções do IGP de Brusque

O Instituto Geral de Perícias (IGP) diferente do que normalmente é lembrado pela população, realiza vários serviços na cidade. Desde o atendimento para carteiras de identidade até a perícia em locais de crimes.

O perito criminal do IGP de Brusque, Álvaro Augusto Mesquita Hamel, explica que existem várias vertentes no órgão. O Instituto de Identificação confecciona as carteiras de identidade de todo o território catarinense. “Nós atendemos pessoas de outros estados e daqui, que querem renovar a identidade. Tudo é feito em Brusque ou nas sedes dos municípios”, esclarece.

A perícia criminal atende locais de crimes e trabalhos que são encaminhados pelas delegacias, Ministério Público ou Poder Judiciário para análise. “Armas, balística, drogas, documentos – falsificação de documentos – celulares, entre outros, todos são feitos aqui. E, também, algumas perícias externas, como casos de furtos, arrombamento, explosões de caixa eletrônico, acidentes de trânsito – no momento do fato ou posterior, quando há dúvidas. E os casos envolvendo mortes:  homicídios, suicídios ou casos de incêndios, por exemplo, com vítimas”, exemplifica.

FUNÇÕES

O perito criminal vai no local da ocorrência, realiza os levantamentos e tenta criar a dinâmica do evento como ocorreu. Além disso, o profissional também é responsável pela gerência do núcleo regional do IGP de Brusque.

Já o perito médico legista faz o atendimento no próprio órgão às pessoas que sofrem lesões corporais, seja por agressões em adultos ou em crianças. “A gente associa sempre a carreira do médico legista com a necropsia, com o morto. Mas apenas 5% dos atendimentos, ou menos, são em óbitos. De 95 a 97% são em pessoas vivas, que passam por esses procedimentos criminais ou processuais, de lesão ou agressão física”, destaca Hamel.

Os auxiliares de medicina legal ajudam o médico nas realizações desses atendimentos já citados, além de fazer funções administrativas do núcleo e atendimentos à comunidade. “A gente tem o princípio aqui assim, todo mundo dá 150% de si, então eu ajudo o IML, o IML ajuda a criminalística, a criminalística ajuda na identidade, e o instituto de identificação ajuda outros setores. Isso para dar o atendimento que a população merece”, conclui.

Dúvidas ou Sugestões

Morador que atrasa condomínio não pode ser proibido de usufruir da piscina

O eventual atraso no pagamento das taxas de condomínio não pode restringir o acesso de moradores às áreas comuns dos edifícios - como academias, piscinas e salão de jogos. A decisão é da 2ª Câmara Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em matéria sob a relatoria do desembargador Jorge Luis Costa Beber. Ele tomou por base jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, que assim tratou a...
Continuar lendo...

Ponte Arthur Schlösser está interditada também para pedestres

Mesmo com a interdição da Ponte Arthur Schlösser, realizada na última semana por conta do problema em um dos seus pilares, muitas pessoas ainda se arriscam a passar pelo local. A Guarda de Trânsito alerta para que até mesmo os pedestres não passem pelo local, situação que também é considerada arriscada. Uma placa foi colocada na cabeceira da ponte informado da interdição total daquele trecho. Inclusive...
Continuar lendo...

Acidente entre duas motos deixa uma pessoa ferida neste sábado

Neste sábado (10), por volta das 17h16, na Rua Ludovico Médico - Bairro Dom Joaquim - Brusque; ocorreu uma acidente de trânsito com colisão frontal entre duas motocicletas. O condutor da motocicleta Honda CG 150 de cor preta com placa de Brusque, Sr. F.L.P., de 69 anos, que encontrava-se consciente e orientado, sentado ao lado da via sem ferimentos aparentes, todavia apresentava taquicardia e hipertensão; assim, após APH o mesmo foi conduzido ao hospital...
Continuar lendo...