SC registra 455 mortes nas estradas em 2015

A Polícia Rodoviária Federal realizou um levantamento de acidentes fatais ocorridos nas rodovias federais de Santa Catarina no ano de 2015.

Foram analisados 368 acidentes com óbitos os quais causaram 455 mortes.

Dos 455 óbitos, 88 eram motociclistas, 63 pedestres e 22 ciclistas.

Duzentas e dezesseis mortes ocorreram em acidentes envolvendo caminhões ou carretas e 128 mortes ocorreram na BR 101. 

Foram 81 motos envolvidas em acidentes fatais, com 82 mortos.
Dos 82 mortos, 77 eram condutores e 05 eram passageiros.
Das 81 motos envolvidas em acidentes fatais, 60 motos (74%) eram até 150 cilindradas. Das 82 vítimas fatais em acidentes com motos, 68% tinha, no máximo, 40 anos de idade

Menor de 18 anos – 03 mortos, sendo que dois eram condutores com 17 anos
Entre 18 e 24 anos – 20 mortos
Entre 25 e 30 anos – 13 mortos
Entre 31 e 40 anos – 20 mortos
Entre 41 e 50 anos – 16 mortos
Mais que 50 anos – 10 mortos

Mortes nas rodovias federais de Santa Catarina:

BR 101 – 128 mortes
BR 470 – 114 mortes
BR 282 – 109 mortes
BR 280 – 45 mortes
BR 116 – 39 mortes
BR 153 – 09 mortes
BR 163 – 06 mortes
BR 158 – 03 mortes
BR 480 – 02mortes

Foram 63 pedestres atropelados e que faleceram no local do acidente.
43 pedestres (68%) morreram na BR 101.
12 pedestres (19%) morreram na Grande Florianópolis (São José, Palhoça e Biguaçu). Dos 63 pedestres atropelados e mortos (53 foram identificados e sabemos a idade), 32 pedestres (60%) tinham mais que 40 anos de idade.

Vinte e dois ciclistas morreram em acidentes nas rodovias federais de Santa Catarina em 2015.
Onze ciclistas (50%) morreram na BR 101 e outros 05 morreram na BR 470. Essas duas rodovias foram responsáveis pela morte de 73% dos ciclistas.
Dos 22 ciclistas mortos (21 foram identificados e sabemos a idade), 08 ciclistas (38%) tinham mais que 50 anos de idade.
Menor de 18 anos – 01 morto
Entre 18 e 24 anos – 02 mortos
Entre 25 e 30 anos – 01 morto
Entre 31 e 40 anos – 05 mortos
Entre 41 e 50 anos – 04 mortos
Mais que 50 anos – 08 mortos
Não identificados – 01 morto

Dezembro foi o mês com o maior número de morte das estradas, com 55 óbitos. 

Dúvidas ou Sugestões

Doação de sangue não pode parar com pandemia, orienta Ministério da Saúde

Diante da necessidade de manter os estoques e a rede abastecida de sangue, o Ministério da Saúde orienta à população que as doações de sangue devem continuar acontecendo neste momento em que o país registra casos e óbitos por coronavírus. Pessoas com anemias crônicas, acidentes que causam hemorragias, complicações decorrentes da dengue, febre amarela, tratamento de câncer e outras doenças...
Continuar lendo...

Novo alerta de temporal para o Vale do Itajaí

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu novo alerta para temporal, acompanhado de descargas elétricas, fortes rajadas de vento e granizo localizado para o Vale do Itajaí, Litoral Norte e Grande Florianópolis. As regiões devem ser atingidas no final da tarde desta quarta-feira (24). Apesar da chance da chuva ser de curta duração, o aviso meteorológico traz a informação que os acumulados nesse período devem chegar a um...
Continuar lendo...

Moradores reclamam de condições de obra de asfaltamento

A situação da segunda parte do asfaltamento da rua São Pedro, em Guabiruba, gerou diversas reclamações da população local. E a Rádio Cidade passou pelo trecho na manhã desta quarta-feira (30) para verificar o andamento das obras. Poeira, trânsito interditado e barro escorregadio em alguns trechos fazem parte da convivência de quem passa por ali. O primeiro trecho de asfaltamento da rua, no sentido centro-bairro foi...
Continuar lendo...