Bandas e fanfarras se unem para formar a Banda Marcial Municipal

A montagem da Banda Marcial Municipal é o novo projeto de bandas e fanfarras das escolas de Brusque. Onze escolas da cidade se uniram para a organização do conjunto, no entanto, o grupo foi dividido em três polos para a realização dos treinamentos, que serão coordenados pelo professor Gilsenei Lopes. Ao todo, cerca de 150 alunos participarão da iniciativa promovida por meio da Secretaria de Educação.

Do primeiro polo fazem parte as Escolas de Ensino Fundamental (EEF) Professora Augusta Knorring, Lions Clube Companheiro Oscar Maluche, Professora Georgina de Carvalho Ramos da Luz e a Escola de Educação Básica (EEB) João Hassmann. Já o segundo polo é formado pelas EEF Paquetá, Professora Isaura Gouveia Gevaerd e Padre Luiz Gonzaga Steiner. As EEF Poço Fundo, Alberto Pretti, Professor José Vieira Corte e Professora Augusta Dutra de Souza integram o terceiro polo.

O encontro de todas as unidades escolares ocorrerá uma vez por mês, e terá como palco as dependências da Arena Multiuso. O primeiro está agendado para o dia 28 de abril. A intenção é que o grupo se apresente nos principais eventos da cidade, como o aniversário do município, celebrado em 4 de agosto, além de em outros desfiles, como o da Festa Nacional do Marreco, realizado durante o mês de outubro.

O Diretor de Inclusão, Diversidade e Projetos, Orlando Borchardt, explica que existem critérios para a seleção dos estudantes interessados em participar da iniciativa. “Para a avaliação dos participantes são levados em conta o desempenho do aluno em sala de aula”, salienta. A análise é realizada pelos professores de música, diretores e coordenadores de cada uma das unidades escolares participantes do projeto.

Dúvidas ou Sugestões