Vítima descobre empresa aberta no próprio nome

Uma mulher de 49 anos registrou na delegacia de Polícia Civil de Brusque um boletim de ocorrência no qual relata que foi vítima de uma fraude. Segundo ela, uma empresa foi aberta em seu nome sem que ela tivesse conhecimento.

Ainda conforme o relato, a vítima foi retirar uma correspondência na agência dos Correios e, ao abrir a carta, descobriu a fraude. Ela afirmou que nunca teve empresa e que também não cedeu dados pessoais para abrir uma. 

Dúvidas ou Sugestões