Vai faltar a água

Um poço artesiano, perfurado nas proximidades da obra, não localizou água e este pode ser o principal empecilho para a inauguração das instalações da Unidade Prisional Avançada de Brusque, a Cadeia Pública. Enquanto funcionários da construtora garantem que tudo estará pronto para inauguração em 10 de outubro, conforme prevê o edital, técnicos ligados ao Departamento de Administração Prisional se preocupam com o fator água.

Até que a solução definitiva não seja encontrada, o abastecimento de água será por meio de caminhões-pipa, que certamente terão que fazer várias viagens por dia para atender às demanda da primeira unidade carcerária de Brusque. Técnicos não informam se foram feitas pesquisas em áreas próximas ao local.

Dúvidas ou Sugestões