Ladrão condenado a 9 anos de cadeia

Mais uma vez o juiz da Vara Criminal, da Infância e Juventude da Comarca de Brusque, Edemar Leopoldo Schlosser, mostrou ser possível que a Justiça seja ágil. Um crime cometido no dia 27 de junho deste ano, resultou na condenação do ladrão Adilso Pavesi à pena de 9 anos e 4 meses de reclusão, em regime fechado.

A ação do marginal se deu no meio da tarde. Adilso foi a um consultório dentário no bairro Santa Terezinha simulando precisar de atendimento. Tão logo foi atendido, ele anunciou o assalto e, portando uma faca, acabou roubando três anéis, um relógio, um celular e R$ 70 em dinheiro.

A dentista e a ajudante foram amarradas e trancadas no banheiro do consultório. Após conseguirem se livrar, a Polícia Militar foi acionada e prendeu Adilso em um ponto de ônibus. Ele permanece encarcerado no presídio de Joinville.

Dúvidas ou Sugestões